Correios terão lojas franqueadas em 11 cidades; saiba como vai funcionar

Correios anuncia mudança em suas atividades. Uma novidade vem sendo implementada no serviço nacional de entregas. A empresa pública acaba de lançar um programa de parcerias que objetiva expandir sua atuação em diversas regiões do país. Chamadas de Correios franqueadas (LCF), as novas lojas já estão sendo implementadas. Entenda.

Os Correios são o principal serviço de entrega no Brasil. Após passar um período sobre iminência de privatização, por interesse do Governo Federal, a marca agora anunciou que estará abrindo lojas de parceria para a expansão da sua área de atuação.

Detalhes sobre o novo serviço dos Correios

Chamadas de LCF, as lojas funcionaram como uma espécie de terceirizada, permitindo que pessoas com interesse possam se franquear e gerenciar uma unidade de entrega. Os serviços ofertados são os de Sedex, Pac, envio de cartas, marketing direto e encomendas expressas (EMS).

Ainda nesse ano, a previsão é de que sejam abertas 19 lojas franqueadas em 11 cidades do Brasil. Entre as capitais mais disputadas estão Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

“A chegada da LCF amplia as chances de investimento para quem quer adquirir o seu negócio, aliando a confiança e a credibilidade que a marca Correios traz. Além de líder no segmento de encomendas e maior empresa de logística da América Latina, a estatal possui mais de 30 anos de experiência em franquias, o que possibilita um alto índice de satisfação para a rede de franqueados”, informou a empresa em nota.

Período e informes da contratação

Os franqueados, uma vez em que fecharem os contratos, terão que manter a LCF por 10 anos, havendo a possibilidade de prorrogação por mais 10. A parceria não poderá ser fechada por uma empresa que já atua no ramo de entregas e para se candidatar é preciso cumprir os regimentos do edital, clique aqui.

O que é preciso para se franquear aos Correios?

  • Participar do processo de licitação, cumprindo todas as exigências do edital.
  • Dedicar-se aos negócios da franquia, atuando conforme as diretrizes estabelecidas.
  • Ter aptidão e desejo de atuar em um modelo de negócios plenamente formatado.
  • Possuir capacidade de investimento com recursos próprios.
  • Exercer atividade que não seja concorrente dos Correios.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.