INSS: Afinal, prova de vida ainda é obrigatória? Entenda as mudanças sobre procedimento

Prova de vida do INSS passa por reformulações, mas mantém seu caráter obrigatório. Nessa semana, o presidente Jair Bolsonaro assinou um projeto que muda a forma como a população renova seu cadastro na previdência social. O procedimento agora é digitalizado. Entenda abaixo sua importância.

INSS: Porque devo fazer a prova de vida e qual o prazo para a renovação dos meus documentos? (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
INSS: Porque devo fazer a prova de vida e qual o prazo para a renovação dos meus documentos? (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

A prova de vida do INSS funciona com uma espécie de garantia de que o cidadão está apto a receber seu benefício. De modo geral, ela objetiva validar o cadastramento do segurado, atestando que ele está vivo e pode permanecer com acesso aos valores. Sua realização é de caráter obrigatório.

Porque devo fazer a prova de vida?

Uma vez em que o INSS não consegue a comprovação de que o cidadão está vivo, o benefício é suspenso. Isso implica dizer no cancelamento do salário de forma definitiva.

Quais as mudanças realizadas na prova de vida?

Com a última proposta acatada pelo governo, o cidadão não precisará mais ir presencialmente fazer a sua renovação. Porém, isso não implica dizer que ela não será realizada.

O INSS ficará responsável pelo procedimento, analisando a base de dados federais para verificar as últimas atualizações documentais do segurado.

Isso acontecerá por meio do acompanhamento dos seguintes dados:

  • empréstimos, cadastro ou recadastramento nos órgãos de trânsito ou segurança pública;
  • recebimento do pagamento de benefício com reconhecimento biométrico;
  • atualizações no CadÚnico (quando efetuada pelo responsável pelo grupo;
  • votação nas eleições;
  • emissões ou renovações de passaporte, carteira de motorista, de identidade ou de trabalho;
  • alistamento militar; declaração de Imposto de Renda, como titular ou dependente;

Ou “outros documentos oficiais que necessitem da presença física do usuário ou reconhecimento biométrico”.

É válido ressaltar que, apesar da mudança, quem desejar ainda pode ir presencialmente em um banco, apresentar um documento oficial com foto e fazer sua correção.

Calendário da prova de vida em 2022

  • Até 31 de janeiro de 2022: beneficiários cuja prova de vida venceu entre novembro de 2020 e junho de 2021;
  • Até 28 de fevereiro de 2022: quem teve prova de vida vencida entre julho e agosto de 2021;
  • Até 31 de março de 2022: prova de vida vencida entre setembro e outubro de 2021;
  • Até 30 de abril de 2022: prova de vida vencida entre novembro e dezembro de 2021.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.