Confira o ranking dos empregos com melhores e piores salários do Brasil

Pontos-chave
  • O melhor salário pago no Brasil em 2021 foi de R$ 37.134,38.
  • Quatro ocupações tiveram remuneração inferior ao salário mínimo.
  • A menor remuneração foi de R$ 758,51.

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados divulgou a lista com os empregos melhor e pior remunerados em 2021. O ranking tem ao todo 100 colocações profissionais, inclusive com ocupações que receberam menos que o salário mínimo.

Confira o ranking dos empregos com melhores e piores salários do Brasil (Imagem: FDR)
Confira o ranking dos empregos com melhores e piores salários do Brasil (Imagem: FDR)

Ranking elaborado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que faz parte do Ministério do Trabalho e Previdência, aponta quais foram os cargos que tiveram as melhores e piores remunerações em 2021.

Como já tínhamos noticiando no portal, as áreas com melhores salários foram finanças, engenharia, tecnologia da informação e saúde.

Por outro lado, algumas posições de trabalho foram bastante desvalorizadas e, inclusive, foram contabilizadas remunerações abaixo do salário mínimo.

Em 2021 houve uma queda no salário médio praticado no país, o valor foi de R$ 1.921,19, contra o valor de R$ 2.000,26 registrado como média salarial em 2020; essa foi a primeira queda do salário médio mensal em 5 anos.

50 Empregos com os melhores salários

  1. Diretor de Crédito (Exceto Crédito Imobiliário): R$ 37.134,38
  2. Diretor de Riscos de Mercado: R$ 34.718,47
  3. Diretor de Produtos Bancários: R$ 34.385,11
  4. Dramaturgo de Dança: R$ 30.219,01
  5. Diretor de Serviços de Informática: R$ 28.050,65
  6. Diretor de Recuperação de Créditos em Operações de Intermediação Financeira: R$ 26.117,49
  7. Diretor de Recursos Humanos: R$ 25.790,85
  8. Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D): R$ 24.399,44
  9. Diretor Comercial: R$ 21.600,47
  10. Diretor de Produção e Operações da Indústria de Transformação, Extração Mineral e Utilidades: R$ 21.188,14
  11. Diretor de Suprimentos: R$ 21.159,74
  12. Gerente de Empresa Aérea em Aeroportos: R$ 21.068,59
  13. Diretor de Marketing: R$ 20.444,27
  14. Diretor Comercial em Operações de Intermediação Financeira: R$ 20.356,63
  15. Diretor de Relações de Trabalho: R$ 20.114,00
  16. Médico Legista: R$ 19.090,93
  17. Diretor de Mercado de Capitais: R$ 18.891,89
  18. Diretor de Câmbio e Comércio Exterior: R$ 17.502,88
  19. Gerente de Segurança de Tecnologia da Informação: R$ 16.655,05
  20. Diretor de Programas de Televisão: R$ 16.334,24
  21. Gerente de Administração em Aeroportos: R$ 16.167,37
  22. Médico em Medicina Intensiva: R$ 15.327,76
  23. Diretor Financeiro: R$ 14.935,53
  24. Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: R$ 14.626,86
  25. Diretor de Compliance: R$ 14.394,72
  26. Diretor de Planejamento Estratégico: R$ 13.769,15
  27. Médico da Estratégia de Saúde da Família: R$ 13.764,32
  28. Diretor de Serviços de Saúde: R$ 13.245,10
  29. Médico Nutrologista: R$ 13.222,67
  30. Diretor de Produção e Operações em Empresa Agropecuária: R$ 13.201,19
  31. Diretor de Crédito Imobiliário: R$ 13.193,88
  32. Engenheiro de Minas (Lavra a Céu Aberto): R$ 13.042,17
  33. Diretor de Operações de Servicos de Armazenamento: R$ 12.899,62
  34. Engenheiro Químico (Utilidades e Meio Ambiente): R$ 12.813,18
  35. Engenheiro de Minas (Lavra Subterrânea): R$ 12.629,69
  36. Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D): R$ 12.386,55
  37. Gerente de Produção de Tecnologia da Informação: R$ 12.386,36
  38. Engenheiro Civil (Pontes e Viadutos): R$ 12.347,38
  39. Engenheiro de Minas (Projeto): R$ 11.988,39
  40. Professor de Literatura Francesa: R$ 11.927,02
  41. Engenheiro de Minas (Planejamento): R$ 11.865,09
  42. Pesquisador em Economia: R$ 11.862,61
  43. Médico de Família e Comunidade: R$ 11.853,40
  44. Diretor de Produção e Operações em Empresa Pesqueira: R$ 11.826,12
  45. Gerente de Produtos Bancários: R$ 11.797,14
  46. Ator: R$ 11.739,64
  47. Engenheiro Naval: R$ 11.578,88
  48. Arquiteto de Soluções de Tecnologia da Informação: R$ 11.335,63
  49. Engenheiro Químico (Petróleo e Borracha): R$ 11.321,21
  50. Gerente de Grandes Contas (Corporate): R$ 11.298,44
Confira o ranking dos empregos com melhores e piores salários do Brasil
Confira o ranking dos empregos com melhores e piores salários do Brasil (Imagem: FDR)

Empregos que tiveram os menores salários em 2021

  1. Psicólogo acupunturista: R$ 758,51
  2. Apresentador de Festas Populares: R$ 773,44
  3. Gandula: R$ 914,56
  4. Professor de Literatura Espanhola: R$ 918,42
  5. Classificador de Fumo: R$ 1.003,27
  6. Carregador (Aeronaves): R$ 1.016,21
  7. Doula: R$ 1.069,33
  8. Técnico em Carcinicultura: R$ 1.094,68
  9. Esotérico: R$ 1.119,16
  10. Artesão Crocheteiro: R$ 1.148,77
  11. Trabalhador na Cultura de Dendê: R$ 1.149,44
  12. Charuteiro à mão: R$ 1.157,87
  13. Trabalhador da Exploração de Bacaba: R$ 1.162,77
  14. Trabalhador da Exploração de Castanha: R$ 1.165,12
  15. Trabalhador na Cultura de Canola: R$ 1.165,70
  16. Trabalhador da Cultura de Fumo: R$ 1.167,07
  17. Trabalhador no Cultivo de Espécies Frutíferas Rasteiras: R$ 1.168,47
  18. Criador de Camarões: R$ 1.174,73
  19. Produtor de Forrações: R$ 1.175,81
  20. Criador de Bubalinos (Leite): R$ 1.176,18
  21. Oficial do Registro de Títulos e Documentos: R$ 1.179,08
  22. Produtor de Cana de açúcar: R$ 1.179,66
  23. Produtor de Cacau: R$ 1.180,60
  24. Sacristão: R$ 1.182,88
  25. Produtor da Cultura de Linho: R$ 1.183,95
  26. Baiana de Acarajé: R$ 1.185,79
  27. Operador de Telemarketing Ativo e Receptivo: R$ 1.188,67
  28. Cirurgião Dentista – Reabilitador Oral: R$ 1.194,28
  29. Trabalhador da Extração de Substâncias Aromáticas, Medicinais e Tóxicas, em Geral: R$ 1.195,40
  30. Cesteiro: R$ 1.195,93
  31. Trabalhador no Cultivo de Trepadeiras Frutíferas: R$ 1.196,86
  32. Ferrador de Animais: R$ 1.198,67
  33. Artesão com Material Reciclável: R$ 1.201,61
  34. Agente Indígena de Saúde: R$ 1.201,99
  35. Trabalhador da Exploração de Malva (Paina): R$ 1.206,35
  36. Profissional do Sexo: R$ 1.208,50
  37. Trabalhador da Exploração de Andiroba: R$ 1.211,10
  38. Moedor de Sal: R$ 1.212,62
  39. Trabalhador da Cultura de Guaraná: R$ 1.213,14
  40. Pescador Artesanal de Lagostas: R$ 1.215,77
  41. Agente Indígena de Saneamento: R$ 1.226,23
  42. Bilheteiro (Estações de Metrô, Ferroviárias e Assemelhadas): R$ 1.228,27
  43. Chapeleiro (Chapéus de Palha): R$ 1.228,27
  44. Pedicure: R$ 1.244,06
  45. Trabalhador da Cultura de Cacau: R$ 1.248,85
  46. Operador de Reator de Coque de Petróleo: R$ 1.251,10
  47. Operador de Telemarketing Ativo: R$ 1.252,04
  48. Trabalhador da Exploração de Coco Da Praia: R$ 1.255,56
  49. Bilheteiro no Serviço de Diversões: R$ 1.255,87
  50. Trabalhador da Exploração de Raízes Produtoras de Substâncias Aromáticas, Medicinais e Tóxicas: R$ 1.256,02

Fique bem informado com a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.