Construir casas no Brasil ficou 50% mais caro nos últimos 5 anos

Nos últimos cinco anos, o preço do metro quadrado para construção de casas no Brasil encareceu quase 50%. De acordo com dados do Sinapi (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil), entre o final de 2016 e o final de 2021, o preço do metro quadrado de uma construção subiu 47,43% em média, subindo de R$ 1.027,30 para R$ 1.514,52. neste mesmo período, a inflação acumulada foi de 28,15%.

Os valores citados levam em consideração os gastos com mão de obra e com material. A conta não inclui os gastos com terrenos, projetos, licenças e outros.

Preço do material de construção disparou na pandemia 

De acordo com especialistas procurados pelo portal UOL, este aumento vertiginoso no preço dos matérias de construção aconteceu nos últimos dois anos, durante a pandemia do coronavírus. 

O índice Sinapi que é calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), é composto por dois fatores: mão de obra e material. No primeiro fator, o custo cresceu 21,84% nos últimos cinco anos, abaixo da inflação de 28,15%. Já os gastos com material, por sua vez, disparou 71,32%, duas vezes e meia mais alto que a inflação medida no período. 

A economista Ana Maria Castelo, coordenadora de projetos do Ibre/FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas), de São Paulo, disse que a pressão de preços foi mais alta em meio a pandemia. 

O custo de mão de obra aumentou 9,27% em dois anos, ao passo que o custo dos materiais de construção ficaram 50,26% mais caros, segundo o Sinapi. 

“Principalmente nesses dois últimos anos, houve um aumento bastante significativo do material de construção, tornando realmente mais caro para o brasileiro construir. Em 2020 e 2021, esse efeito foi em parte mitigado pelas taxas de juros, que ficaram mais baixas. Isso permitiu que as famílias financiassem a aquisição de material e suas construções. A questão é que, daqui para frente, não vamos ter mais esta situação de juros baixos”, disse Ana ao Uol.

Por que está caro construir

Segundo Ana, em meio a pandemia, aconteceu uma quebra das cadeias de suprimentos pelo mundo, o que prejudicou a produção de diversos materiais. Durante este período, a demanda por material de construção aumentou.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.