Behaviorismo: conheça o fator comportamental que influencia (e muito) os investidores

O mundo dos investimentos vai além dos números e está ligado com questões muito mais subjetivas, em especial com a psicologia. Isso pois, para saber como prever o mercado é preciso entender como as pessoas que o constroem se comportam.

Por conta disso, os estudos de comportamento dos investidores é uma forma de crescer em seu mercado e com suas ações. questões muito mais subjetivas, em especial com a psicologia. Isso porque, para saber como prever o mercado é preciso entender como as pessoas que o constroem se comportam. 

Para isso, é preciso saber mais sobre Behaviorismo,uma das áreas mais importantes da psicologia para entender o comportamento dos investidores, e também uma grande oportunidade para desenvolver suas habilidades nesse setor.

O que é o Behaviorismo?

É uma corrente científica da psicologia que compreende que todos os comportamentos humanos podem ser condicionados através da aprendizagem.

É chamada de Teoria Complementar por alguns autores, um dos principais nomes é B. F. Skinner. Mesmo não sendo o primeiro psicólogo a trabalhar com o isso, se destaca por ser o primeiro a tratar o condicionamento como uma ciência e não apenas um método.

Skinner abriu os caminhos para o melhor entendimento, assim como o modo de agir das pessoas no geral funciona, mas como interferir e influenciar em seus resultados.

Relação do Behaviorismo com os investimentos

Essa aprendizagem por meio de associação é como um comportamento que acabamos adquirindo por conta de uma ação repetitiva. Assim, a partir do momento em que fazemos uma mesma coisa várias vezes, nosso corpo se condiciona de modo que passamos a realizá-la em modo automático depois de um tempo.

A aprendizagem por associação pode ser benéfica e perigosa na mesma medida.

Já que, por um lado, o condicionamento pode nos ajudar a ganhar tempo e agilidade para tomar decisões, mas por outro ele pode nos fazer cair em algumas ciladas.

Para fugir dessa impulsividade, a saída mais inteligente é conhecer esse condicionamento e aprender como ele funciona.

Ao saber dessa associação, é possível desenvolver outros mecanismos de condicionamento em cima dela, como uma forma de burlar um condicionamento com outro.

Para treinar a si próprio e prestar atenção nos detalhes em busca dos melhores resultados é algo totalmente possível com o Behaviorismo, basta ensinar seu próprio condicionamento com as técnicas.

Como investir?

O primeiro passo antes de fazer investimentos é entender o seu perfil de investidor. As corretoras de valores aplicam um teste e sempre indicam se um investimento é adequado ou não para o seu perfil.

Há alguns investimentos que são destinados para o perfil deste investidores e as corretoras podem ajudá-los a encontrar aquele que atende às suas necessidades.

Para definir primeiro é preciso definir qual instrumento financeiro deseja negociar e logo depois fazer uma busca pelo corretor para seu perfil.

Antes de começar a investir é preciso definir alguns pontos e ter eles bem claros.

CDBs

Os clientes acabam emprestando o dinheiro para os bancos financiarem as suas atividades de crédito, em troca, os clientes recebem uma remuneração, ou seja, os juros,por um determinado período.

Esses recursos são utilizados pelas instituições para conceder empréstimos para outras pessoas, ficam de fora apenas os bancos que são obrigados a recolher como depósito compulsório junto ao Banco Central, um terço do que captam.

Alguns tipos de investimentos

Existem diversos investimentos para aqueles que desejam entrar nesse mundo, dentre eles o CDI e o CDB. Saiba mais sobre os dois.

O que é CDI?

O CDI significa Certificado de Depósito Interbancário e é uma taxa que os bancos cobram para ficar emprestando dinheiro entre eles durante o dia.

Por conta da determinação do Banco Central, os bancos devem fechar o seu dia com mais dinheiro entrando do que saindo do CDB . Enquando isso não acontece, os bancos fazem empréstimos para cobrir a diferença e usam o CDI para definir os juros que irão pagar por esse dinheiro.

Como é o CDB?

Investindo no CDB, o cliente está emprestando um dinheiro ao banco. Porém, em troca, na data de vencimento o dinheiro será pago de volta com rentabilidade.

Os CDBs oferecidos pelo nubank possuem prazos de resgate de 6, 12, 18, 24 e 36 meses e são indicados para estratégias de investimento de médio a longo prazo.

O que são pós-fixado?

Os cinco primeiros titulos disponíveis no aplicativo do banco são pós-fixado, atrelados ao CDI.

A taxa de rentabilidade desses títulos são atreladas a um índice da economia, normalmente o CDI, a taxa Selic ou o IPCA. Isso significa que a rentabilidade vai oscilar até a data de vencimento do título.

A variação ocorre por conta do rendimento do título e acompanha a oscilação do indexador de referência, assim, se o CDI subir a rentabilidade sobe também.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.