Cade aprova compra do Big pelo Carrefour Brasil (CRFB3); como as ações reagiram?

Nesta terça-feira (25), o Carrefour Brasil (CRFB3) informou que a Superintendência-Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) recomendou aprovação da compra do Grupo Big por parte da varejista.

A operação acontecerá mediante celebração de Acordo em Controle de Concentrações (ACC). A proposta prevê o desinvestimento de algumas lojas, afetando menos de 10% das lojas compradas — em patamar abaixo no divulgado na declaração de complexidade do Conselho.

Agora, o tribunal do Cade analisará a transação. Junho de 2022 será o prazo para decidir, definitivamente, sobre as recomendações da superintendência, incluindo os termos do ACC negociado.

Depois do fechamento da operação, a varejista iniciará os trabalhos para a conversão das 388 lojas do Grupo Big. Este total abrange 63 lojas Maxxi, 43 Sam’s Club, 86 BIG, 45 Super Bompreço, 54 Nacional e 97 TodoDia.

Em março de 2021, aconteceu o anúncio da operação. Ela está avaliada em um eterprise value (valor da firma, a soma das obrigações e dos ativos de uma companhia) de R$ 7 bilhões.

A estruturação da operação possui duas etapas. Uma delas envolve o pagamento, em dinheiro, de R$ 5,25 bilhões aos atuais controladores da companhia: o Walmart e o fundo de private equity Advent Internacional. A outra etapa prevê a incorporação dos 30% restantes do capital social pela subsidiária do Carrefour.

Segundo a empresa francesa, por meio da compra, haverá aumento da companhia em um mercado bastante dinâmico. Além disso, a empresa informou que será possível conceder, aos consumidores locais, um conjunto mais amplo de serviços e produtos — a valores mais competitivos.

O Carrefour declara que a compra do Grupo Big permitirá a expansão da presença da companhia em regiões onde há penetração limitada. A varejista cita o Sul e Nordeste do país. Conforme a companhia, estas áreas oferecem grande potencial de crescimento.

A varejista ainda poderá expandir seus formatos tradicionais — principalmente Hipermercados e Atacado.

Desempenho das ações do Carrefour Brasil (CRFB3)

Diante do anúncio sobre a aprovação da compra do Grupo Big, as ações do Carrefour valorizaram nesta terça-feira (25). No fechamento, os papéis da companhia subiram 3,41%, a R$ 15,46.

No dia anterior, as ações da empresa tiveram elevação de 0,54%. Desde o começo deste ano, os papéis da varejista registram alta de 1,37%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.