Golpe do 0800: Ladrões roubam dados bancários e cartões de crédito das vítimas; como se proteger?

Os golpistas estão sempre procurando novas maneiras de conseguir roubar os dados dos cartões de crédito dos brasileiros e dos tokens de autenticação para operações financeiras. A nova maneira que eles estão usando são os números 0800. Saiba mais.

De acordo com especialistas, o uso de números 0800 é uma forma de trazer credibilidade para o golpe. O crime começa com o recebimento de mensagens maliciosas através de SMS, remetidas de um número curto, ou chamados shorts-codes, uma técnica utilizada desde agosto do ano passado. 

Na realidade, os especialistas da empresa de cibersegurança Kaspersky, explicam que isto é um golpe antigo para roubar dados de cartões de crédito, porém com um novo disfarce.

Quando a vítima entra em contato utilizando o número 0800 que está informado na mensagem falsa, os bandidos pedem a confirmação da conta e agência para roubá-la, e irão perguntar se o correntista possui alguma autenticação temporária ativada.

Caso a vítima tenha esta autenticação ativa, o criminoso pedirá o código de ativação para que a fraude seja efetivada. A conversa ainda se prolonga mais um pouco, pois a mensagem SMS falsa falará sobre uma suposta transação não autorizada.

A partir deste ponto, o criminoso diz que irá cancelar os cartões da conta e solicita o número do cartão de crédito. Durante a simulação realizada pela Kaspersky, o golpista ainda pediu para que a pessoa informasse o endereço para a retirada do cartão “cancelado”, uma vez que o número do cartão não foi informado.

“Não é fácil registrar um número 0800 e os shorts-codes são um canal usados exclusivamente por um seleto grupo de empresas, como bancos, operadoras e grandes lojas. Isto mostra o quanto as fraudes estão refinadas. Os golpistas pedem dados do cartão, tokens, e diz que vai cancelar estes cartões, e por fim pede a localização para pegar o cartão. É o golpe da falsa central bancária para coletar cartões válidos “, explicou Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky no Brasil ao jornal Extra.

Como se proteger

Para proteger seus dados financeiros, sempre entre em contato com o serviço de cartão de crédito ou banco através do número de telefone oficial ou pelo aplicativo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.