Netflix vai subir de novo? Investidores estão desconfiados; entenda

Preços da Netflix irão subir de novo? Investidores estão desconfiados e acreditam que existe a possibilidade após aumento de preços nos principais mercados.

Os investidores e analistas do setor percebem e questionam os aumentos dos preços cobrados pela empresa. Recentemente, no último dia 14, a Netflix elevou os custos para assinantes dos Estados Unidos e Canadá. Consequentemente, a movimentação levou ao encarecimento das ações.

Nos Estados Unidos, o preço mensal da assinatura do plano padrão aumentou em US$ 1,50 passando a ser US$ 15,49. Já o plano básico aumentou em US$ 1,00 indo para US$ 9,99. O plano Premium foi o que mais encareceu, subindo US$ 2 pôr mês, passando a custar o valor de US$ 19,99.

No Canadá, o plano básico da Netflix não sofreu com aumento do preço. Já o plano padrão aumentou em 1,50 dólares canadense, passando a ser cobrado 16,49 dólares canadenses. O premium, que subiu em 2 dólares canadenses, custa agora 20,99 dólares.

Existe a pressão para o impulsionamento do crescimento geral de caixa positivo, ao mesmo tempo que os custos de produção e da concorrência aumentam. Isso mostra que os preços se elevarem é um reflexo de tais situações e uma medida que a empresa pode recorrer.

O que o aumento dos planos significa para os investidores e para o mercado

Investidores de Wall Street, rua de Manhattan onde se concentra o Distrito Financeiro de Nova Iorque veem com bons olhos a notícia, fazendo as ações da Netflix subirem cerca de 2% na sexta-feira, 14 de janeiro.

Segundo especialistas, apesar do grande investimento feito pela empresa na compra e produção de seus conteúdos, o crescimento de assinantes da Netflix tem sido menor em seus dois maiores mercados, ou seja, EUA e Canadá.

Uma estratégia viável para a Netflix é se concentrar no mercado mundial e no crescimento global de assinaturas, com isso apresentar o fluxo de caixa positivo e suas novas produções, oportunidades de crescimento e modelos de negócios, assim a empresa seguirá satisfazendo seus investidores.

O aumento dos planos significa para o setor do streaming que as empresas concorrentes da Netflix também podem vir a elevar seus preços. Principalmente para empresas de maior amplitude como a Disney+ e HBO. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.