Mais de 1 milhão de brasileiros já possuem geração de energia solar; quanto custa o investimento?

A geração própria de energia solar ultrapassou a marca de 1 milhão de consumidores brasileiros. O custo do investimento ainda é dúvida para grande parte da população.

Nos últimos anos, o mercado livre de energia e a instalação de usinas de pequeno porte geraram o crescimento do número de adeptos à energia solar em todo Brasil. Segundo dados da Absolar, a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, o número que ultrapassa 1 milhão é composto em 76,6% de residências, 13,4% são comércios e serviços, 7,6% correspondem a produtores rurais, 2,1% de indústrias, o poder público 0,3%, outros tipos de serviços públicos com mais 0,3% e 0,01% da iluminação pública.

Novidades na legislação

Na sexta-feira (7), a Lei 14.300/22 foi publicada no Diário Oficial da União. A lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, com vetos, institui o marco legal da micro e minigeração de energia. As modalidades permitem que consumidores possam produzir a própria energia por meio de fontes renováveis.

Ainda segundo a lei, unidades consumidoras já existentes, assim como as que protocolarem acesso na distribuidora no ano de 2022, terão direito a continuação, por mais 25 anos, dos benefícios oferecidos pela Aneel, a Agência Nacional de Energia Elétrica, através do SCEE, o Sistema de Compensação de Energia Elétrica. 

Energia solar, um investimento que vale a pena

A energia solar é considerada uma fonte de energia limpa e que possui menor impacto ambiental. Com a crise hídrica se agravando no mundo e o aumento da consciência ecológica, consumidores passam a investir na fonte renovável de energia que garante também maior economia financeira apesar do investimento inicial.

Quanto custa o investimento  

O custo investido na instalação de um sistema de energia solar fotovoltaico irá depender de diversos fatores, bem como o tamanho e a complexidade. Algumas edificações precisam de adaptações que alavancam os custos de instalação.

Atualmente, um sistema de menor tamanho custa aproximadamente R$ 13.000,00 e pode reduzir em até 90% a conta de energia.

O sistema possui uma durabilidade que varia entre 20 e 25 anos. Em média, o investimento feito é recuperado em cinco anos. 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.