Auxílio Emergencial: como consultar valor retroativo pelo Dataprev?

O Ministério da Cidadania disponibiliza uma consulta através do Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência) para verificar se você foi contemplado com o valor retroativo do auxílio emergencial concedido neste mês. Através da consulta, também é possível saber o motivo de não ter sido contemplado com o benefício.

O procedimento é bem simples. Primeiro, você deve acessar esta página: consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta. Informe seu CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento nos campos indicados. Em seguida, clique na caixa de “Sou humano” e em “Enviar”.

Pronto! Você será direcionado para uma página com os dados relativos ao retroativo do auxílio emergencial. Lá constará o valor recebido e, no caso de não ter sido contemplado, qual a justificativa.

Retroativo do Auxílio Emergencial

O retroativo pago agora é referente às cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial pagas em 2020. Naquela ocasião, o presidente da República, Jair Bolsonaro, vetou projeto de lei da Câmara dos Deputados que estendia o valor em dobro do benefício para pais solteiros que fossem chefes de família.

Antes, apenas mães solteiras chefes de família podiam receber R$ 1.200, o valor em dobro. Depois que o Congresso derrubou o veto presidencial, Bolsonaro editou uma Medida Provisória em 24 de dezembro definindo que o benefício seria estendido para os pais solteiros e autorizando o pagamento retroativo.

A Caixa realizou o pagamento do retroativo em parcela única no dia 13 de janeiro (última quinta), na mesma conta em que era pago o auxílio emergencial. Portanto, quem foi contemplado com a medida já tem o dinheiro à disposição desde essa data.

Qual o valor?

O valor pode variar entre R$ 600 e R$ 3.000, de acordo com o número de parcelas recebidas em 2020. Veja as situações possíveis:

  • Quem recebeu as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020 e se encaixa nos requisitos recebeu retroativo de R$ 3.000
  • Quem recebeu uma quantidade menor das cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020 recebeu no mínimo R$ 600 de retroativo

Desse modo, se você recebeu, por exemplo, três das cinco primeiras parcelas de 2020, então recebeu R$ 1.800 de retroativo (3×600).

Quem pode receber?

O retroativo foi pago apenas para pais solteiros chefes de família que receberam alguma das cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial em 2020.

Não é possível requisitar a inclusão no auxílio emergencial para ter direito ao retroativo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.