Plataforma ‘Não Me Perturbe’ chega a quase 10 milhões de usuários; saiba como se cadastrar

Receber ligações insistentes de números desconhecidos tornou- se cada vez mais comum. Neste sentido, a criação da plataforma ‘Não Me Perturbe’ tem sido de grande ajuda para quem quer ter um pouco de sossego e privacidade no que compete às ligações telefônicas. 

Hoje, cerca de 9,55 milhões de números de telefone já se cadastraram na plataforma ‘Não Me Perturbe’. Por ela, o usuário consegue bloquear ligações feitas por empresas de telemarketing, telecom e de ofertas de crédito consignado. Contudo, a desvantagem é que o bloqueio não se estende para ligações com propostas de planos de saúde ou de redes varejistas. 

Segundo informações da Conexis Brasil Digital, responsável por reunir dados de empresas de telecomunicação e de conectividade, a maior parte dos números bloqueados na plataforma estão registrados no Estado de São Paulo (SP), um total de 4.594. A unidade federativa também é composta pela maior base de clientes de todo o país. 

Ao todo, são 71,8 milhões de celulares e 10,7 milhões de telefones fixos. Em segundo lugar no ranking de telefones bloqueados no ‘Não Me Perturbe’ está o estado de Minas Gerais (MG), com 856 mil bloqueios. Na sequência vem o Paraná (PR), com 844 mil telefones bloqueados e o Rio de Janeiro (RJ) com 587 mil registros. 

Em contrapartida, o Distrito Federal (DF) possui a maior proporção de números de telefone cadastrados na plataforma, com 297 mil registros. O número equivale a 5,8% da base de telefones fixos e móveis de toda Brasília. 

É importante mencionar que a plataforma ‘Não Me Perturbe’ foi lançada no mês de julho de 2019, e consiste em uma das medidas de autorregulação do próprio setor de telecomunicação cujo propósito é promover melhorias na relação junto aos consumidores. 

Entre o período de 2019 a 2021, quase 10 milhões de números foram cadastrados na plataforma. Somente em 2021, foram mais de dois milhões de cadastros. Desde que a plataforma passou a vigorar, foi notada uma queda aproximada de 20% nas reclamações de usuários de serviços de telecomunicações.

Os interessados em bloquear números de telefones fixos ou celular devem apenas realizar um cadastro direto junto ao portal do Programa de Defesa do Consumidor (Procon) do estado em que reside, e aguardar o prazo de 30 dias para que o bloqueio seja efetivado. 

O procedimento deve ser feito da seguinte forma:

  • Acesse o site: https://www.naomeperturbe.com.br/;
  • Clicar em “Quero me cadastrar”;
  • Preencher o formulário com os dados pessoais solicitados (nome, cpf, e-mail);
  • Criar uma senha e confirmá-la;
  • Clicar em “não sou um robô” e em “enviar”;

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.