Maricoin, a criptomoeda anunciada para o público LGBTQIA+, pode ser um golpe? Confira

A criptomoeda Maricoin, criada com foco no público LGBTQIA+, recentemente chamou atenção por ser o primeiro criptoativo com o intuito de valorizar o empreendimento de pessoas da comunidade e combater o preconceito. No entanto, recentemente levantou- se a desconfiança de que a moeda pode se tratar de um golpe.

publicidade

A Maricoin passou a chamar atenção do público geral já em sua fase de testes. A preocupação com base em características do projeto aponta que a Maricoin pode não se tratar apenas de uma criptomoeda, mas sim de uma maneira de prejudicar a comunidade que diz ajudar.

O que é a Maricoin

Com o intuito de funcionar para a comunidade LGBTQ+, a criptomoeda lançada em Madrid possui um nome que faz referência a um insulto utilizado para ofender homossexuais.

Além de prometer empoderar financeiramente a comunidade e alavancar o poder econômico dessa minoria, o criptoativo promete servir como forma de pessoas da comunidade financiarem seus empreendimentos e iniciativas humanitárias voltadas à pauta.

publicidade

Maricoin é um possível golpe?

Recentemente características do projeto passaram a causar desconfiança e alertar a comunidade para um possível golpe.

Diferente do Bitcoin ou mesmo do Ethereum, a Maricoin é totalmente centralizada e dominada pela sua equipe de desenvolvedores.  Em seu site, utilizado para atrair investidores, não é possível identificar com clareza quem está por trás do projeto. 

Ainda no site da moeda, o interessado se informa de que a única maneira de investir é entrando na lista de espera do ativo. O link da lista encaminha o usuário para um formulário do Google e o mesmo é avisado de que não é possível realizar a inscrição, visto que a moeda “superou a marca limite de 10 mil pessoas interessadas”.

Esquema de pump and dump 

Outra característica que levantou desconfiança foi o formato de funcionamento. A moeda funciona como token digital com base em ações e quanto mais se tem, maior a sua parte do negócio.

Na página da Maricoin no Algorand, o site listado não existe e a moeda não se encontra na lista de ativos negociados no blockchain.

O termo pump and dump, que em português significa inflar e largar, é um dos pilares de funcionamento da moeda. O esquema pump and dump indica que quanto mais se tem, mais ela vale e costuma gerar expectativa sobre a negociação do ativo.

publicidade

O inflar e largar é uma estratégia que beneficia principalmente pessoas à frente do token e investidores iniciantes. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Até o momento, as informações recolhidas não são o suficiente para afirmar que a Maricoin se trata de um golpe, mas para causar desconfiança dos possíveis interessados.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.