Terceira parcela do Auxílio Brasil começa a ser paga na próxima semana; confira quem recebe

A terceira parcela do Auxílio Brasil e a primeira de 2022 começa a ser paga na próxima terça-feira, 18. De agora em diante, quase três milhões de novas famílias também terão direito a receber o amparo financeiro por meio de transferência de renda.

Terceira parcela do Auxílio Brasil começa a ser paga na próxima semana; confira quem recebe
Terceira parcela do Auxílio Brasil começa a ser paga na próxima semana; confira quem recebe. (Imagem: FDR)

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, nesta nova rodada do Auxílio Brasil, o banco terá a capacidade de atender 17,5 milhões de famílias. Mas esta não é a única novidade, pois até dezembro de 2022, o tão prometido valor de R$ 400 foi fixado e será concedido aos beneficiários.

A oferta desta quantia se tornou possível após longos trâmites que resultaram na Emenda Constitucional que dispõe sobre o parcelamento dos precatórios. Assim, com a verba necessária em mãos, as famílias beneficiárias terão a chance de receber os valores através do aplicativo da conta poupança social digital, o Caixa Tem. 

A plataforma criada em 2020 para viabilizar e unificar os pagamentos do auxílio emergencial foi mantida pela Caixa Econômica, e tem sido utilizada não apenas para o pagamento de transferências de renda, como também de outros benefícios assistenciais aos trabalhadores, como o seguro desemprego e o PIS/PASEP.

Na plataforma, o cidadão incluído no Auxílio Brasil tem a chance de se beneficiar de todas as ferramentas e serviços aos quais teria direito em uma conta corrente de um banco tradicional, com a vantagem de não pagar nenhuma taxa de uso. 

As famílias que recebiam o Bolsa Família até outubro de 2021 e que foram automaticamente transferidas para o Auxílio Brasil não precisam se preocupar quanto ao recebimento das parcelas.

Por outro lado, os novos beneficiários terão a certeza sobre a inclusão no programa após receberem duas cartas enviadas pela Caixa, uma com a confirmação da inscrição e a outra com o cartão do programa. 

Este novo grupo não precisa se preocupar em fazer nenhum tipo de validação do cadastro junto às agências bancárias, tendo em vista que a inclusão no Auxílio Brasil é automática, com base em pedidos antigos processados na atualidade pelo Ministério da Cidadania.

“Esse cadastramento foi realizado, no mesmo modo que no auxílio emergencial lá atrás. Então, a validação já foi realizada”, explicou a pasta. 

O Auxílio Brasil efetuará os pagamentos às famílias beneficiárias da mesma maneira como ocorreu no auxílio emergencial para quem estava inscrito no antigo Bolsa Família. Ou seja, seguindo a ordem do com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS), de preferência, nos últimos dez dias úteis de cada mês. Veja o calendário:

1 18/01 14/02 18/03 14/04 18/05 17/06 18/07 18/08 19/09 18/10 17/11 12/12
2 19/01 15/02 21/03 18/04 19/05 20/06 19/07 19/08 20/09 19/10 18/11 13/12
3 20/01 16/02 22/03 19/04 20/05 21/06 20/07 22/08 21/09 20/10 21/11 14/12
4 21/01 17/02 23/03 20/04 23/05 22/06 21/07 23/08 22/09 21/10 22/11 15/12
5 24/01 18/02 24/03 22;04 24/05 23/06 22/07 24/08 23/09 24/10 23/11 16/12
6 25/01 21/02 25/03 25/04 25/05 24/06 25/07 25/08 26/09 25/10 24/11 19/12
7 26/01 22/02 28/03 26/04 26/05 27/06 26/07 26/08 27/09 26/10 25/11 20/12
8 27/01 23/02 29/03 27/04 27/05 28/06 27/07 29/08 28/09 27/10 28/11 21/12
9 29/01 24/02 30/03 28/04 30/05 29/06 28/07 30/08 29/09 28/10 29/11 22/12
0 31/01 25/02 31/03 29/04 31/05 30/06 29/07 31/08 30/09 31/10 30/11 23/12

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.