Aplicativo do Auxílio Brasil deve passar por atualizações; o que vai mudar?

A terceira parcela do Auxílio Brasil começará a ser paga na próxima semana, a partir de terça-feira, 18. Com isso, acredita-se que o Governo Federal submeta o aplicativo a uma nova atualização, com o objetivo de oferecer uma plataforma completa aos beneficiários. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Aplicativo do Auxílio Brasil deve passar por atualizações; o que vai mudar?
Aplicativo do Auxílio Brasil deve passar por atualizações; o que vai mudar? (Imagem: FDR)

O aplicativo do Auxílio Brasil será primordial para viabilizar a consulta dos novos beneficiários no programa de transferência de renda que veio para substituir o tradicional e recém-extinto Bolsa Família. Isso porque, a rodada atual do Auxílio Brasil contará com a inclusão de quase três milhões de novas famílias. 

Com as novas inclusões, o Governo Federal bateu um novo recorde, diante de 17,5 milhões de famílias atendidas por um programa social. Segundo informações da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc), destas três milhões de famílias, a parcela de 1,18 milhão provém da região Nordeste, representando 47,3% de todo o público do programa.

publicidade

A relação de estados com o maior número de famílias inseridas no Auxílio Brasil é a seguinte:

  • Bahia: 2,16 milhões;
  • São Paulo: 2,14 milhões;
  • Pernambuco: 1,39 milhão;
  • Minas Gerais: 1,38 milhão;
  • Rio de Janeiro: 1,28 milhão;
  • Ceará: 1,27 milhão. 

Por outro lado, o Governo Federal ainda não divulgou a lista de beneficiários por cidade. O que se sabe é que, as famílias aprovadas no Auxílio Brasil receberão duas cartas emitidas pela Caixa Econômica Federal (CEF) via Correios. 

A primeira delas consiste em um informativo com orientações gerais, enquanto a segunda contém o cartão do Auxílio Brasil. É importante explicar que o cartão do Auxílio Brasil é gerado automaticamente na titularidade do responsável pelo grupo familiar. Com ele, é possível efetuar o saque do valor integral do benefício ou em saques parciais. 

Lembrando que o prazo de retirada do benefício é de 120 dias após o depósito em conta. O beneficiário do Auxílio Brasil também terá a chance de movimentar os valores pela conta poupança social digital através do aplicativo Caixa Tem.

No aplicativo do Auxílio Brasil o beneficiário poderá visualizar todo o status de pagamento de cada parcela. Para isso, basta selecionar a opção “Ver Parcelas” no menu principal. Na sequência, será aberta uma nova página onde todo o histórico de pagamentos será apresentado, com informações relacionadas ao depósito, como se ele já foi efetuado ou a previsão para o dinheiro cair na conta. 

publicidade

Por hora, são fornecidos apenas os dados relativos à primeira parcela e a segunda parcela, tendo em vista que a terceira etapa dos pagamentos deve começar na próxima terça-feira, 18.

Do lado esquerdo da tela fica disposto um símbolo que representa o status do pagamento, ou seja, se ele já foi liberado, se está bloqueado, cancelado ou pendente. Enquanto isso, no canto direito da tela estão as informações sobre a data de saque dos valores. 

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.