Bolsa de valores ‘roxa’: com entrada do Nubank, bolsa ganha quase 800 mil novos investidores

Em dezembro de 2021, a Bolsa de Valores brasileira (B3) ganhou 759 mil investidores. Em comparação a novembro, houve uma alta de 22,0%. Ao todo, o número chega a 4,2 milhões. Um dos fatores que contribuiu para essa elevação foi a entrada do Nubank na Bolsa.

No dia 8 de dezembro, o Nubank realizou uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Essa data também oficializou a entrada da fintech na Bolsa de Valores brasileira. Na B3, são negociados BDRs (Brazilian Depositary Receipts), que são os recibos de ações estrangeiras negociados localmente.

Segundo o banco digital, na ocasião, aproximadamente 815 mil investidores compraram os BDRs. Diante disso, a fintech alegou que isso faz com que este seja o maior IPO realizado no país em número de compradores do varejo.

Do período de setembro a novembro de 2021, o média de novos investidores na Bolsa brasileira foi de 56,5 mil. Este dado demonstra que a oferta inicial de ações do Nubank contribuiu para a alta.

Vale destacar que nem todos os 815 mil investidores, necessariamente, contriuíram para o aumento na B3 — pois alguns destes brasileiros já investiam antes em ações na Bolsa.

O programa de sócios do Nubank

Juntamente com o IPO, o Nubank lançou o programa NuSócios. Por meio desta iniciativa, a fintech ofereceu um BDR sem custo para os clientes — que tinham aceitado. Cerca de 7,5 milhões de brasileiros aceitaram os recibos.

Ao longo de 12 meses, os BDRS ficam junto ao Nubank, que servirá como comissário mercantil. Ao final deste período, as pessoas terão a liberdade de decidir o que farão com este investimento.

Uma das opções é receber os BDRs. Quem optar por isso, precisará abrir uma conta na NuInvest quando chegar esse momento. Outra opção é solicitar a venda do recibo pelo valor de mercado — e receber como crédito em conta, descontadas as taxas da B3 e tributos.

Durante o período de 12 meses, o Nubank oferecerá conteúdos para ajudar e educar, os donos dos BDRs, sobre o mundo dos investimentos. Neste ano, o banco digital informa terá um programa educacional completo.

Caso todos os 7,5 milhões de brasileiros decidam ficar com os recibos, a base de investidores na B3 praticamente triplicará.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.