Conheça o novo índice da Bolsa que é composto pelas melhores empresas para se trabalhar

Nesta terça, 4, a Bolsa de Valores Brasileira, B3, divulgou a carteira do novo índice de temática ESG (Environmental, Social and Governance), que foi criado juntamente com o Great Place To Work (GPTW), empresa de consultoria presente em todo mundo e que apoia as empresas que ontem os melhores resultados no mercado corporativo. O objetivo deste novo indicador é o de buscar bons resultados nas empresas que investem no ambiente de trabalho.

publicidade

O índice engloba companhias de capital aberto que são tidas como fortes no pilar social da sustentabilidade, mantendo o foco em questões de diversidade e inclusão, e que estão na liderança entre as melhores práticas oferecidas a funcionários no Brasil.

A superintendente de Sustentabilidade da B3, Gleice Donini, disse que esta parceria com o Great Place To Work garante o beneficio de criar um índice mais voltado para as práticas sociais, assunto que já é muito latente nas bolsas estrangeiras. 

“Vemos outras bolsas de valores colocando índices mais diversificados para que os investidores possam tomar decisões e estamos alinhando o Brasil às práticas que já existem no mundo”, disse ela em nota.

publicidade

Ações de empresas listadas

Do total de 45 empresas que já fazem parte da carteira do índice, 11 delas estão no ranking das 150 melhores empresas para trabalhar e possuem peso dois no índice em comparação com as outras 34 empresas. São elas: Ambev, B3, Cielo, Clear Sale, Getnet, Intelbras, Itaú Unibanco, Magazine Luiza, Santander, Telefônica e Wiz.

Saiba todas as empresas inclusas na carteira do índice:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

AERIS (AERI3) CLEARSALE (CLSA3) LOJAS RENNER(LREN3) SANTOS BRP (STBP3)
ALPARGATAS(ALPA3) COPEL (CPLE3) MAGAZINE LUIZA(MGLU3) SINQIA (SQIA3)
AMBEV S/A (ABEV3) DASA (DASA3) MATER DEI (MATD3) SLC AGRICOLA(SLCE3)
AMERICANAS(LAME3) GETNET BR (GETT11) MELIUZ (CASH3) SUZANO S.A (SUZB3)
AREZZO CO (ARZZ3) HYPERA (HYPE3) ODONTOPREV (ODPV3) TAESA (TAEE11)
B3 (B3SA3) INTELBRAS (INTB3) PAGUE MENOS(PGMN3) TELEF BRASIL(VIVT3)
BANCO PAN (BPAN4) IRANI (RANI3) PLANOEPLANO (PLPL3) TOTVS (TOTS3)
BEMOBI TECH(BMOB3) ITAÚ UNIBANCO (ITUB4) POSITIVO TEC (POSI3) VIA (VIIA3)
BRADESCO (BBDC3) JALLESMACHAD (JALL3) QUALICORP (QUAL3) WIZ S.A (WIZS3)
CEA MODAS (CEAB3) KEPLER WEBER (KEPL3) QUERO-QUERO (LJQQ3)  
CESP (CESP3) LOCAWEB (LWSA3) SABESP (SBSP3)  
CIELO (CIEL3) LOJAS AMERICANAS(LAME4) SANTANDER BR(BCSA34)  

Gleise disse ainda no comunicado que o Índice das melhores empresas da bolsa para se trabalhar se trata de uma provocação de desenvolvimento para as empresas e, simultaneamente,  serve como referência para os investidores que vêem nas práticas ESG a chance de escolher uma companhia rentável e consistente com ações resilientes a momentos de crise.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.