CNH: 1ª habilitação tem novo prazo para ser concluída; conheça novas regras

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) restabeleceu o prazo máximo de 12 meses para conclusão do processo para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O novo prazo passou a valer a partir do dia 1° de janeiro de 2021.

Com a pandemia de COVID-19, o prazo para tirar a CNH havia sido suspenso, por tempo indeterminado. A ação tinha como intuito evitar possíveis dados gerados pelo fechamento dos Departamentos de Trânsito, devido às medidas restritivas adotadas pelo governo.

A ação tinha como objetivo evitar a disseminação da COVID-19, principalmente, no período mais grave da doença. Porém, com o avanço da vacinação e a redução de casos e óbitos por COVID-19, o atendimento nos Detran voltaram a ser fornecidas.

Diante disso, o prazo para retirar a primeira CNH voltou a ser de 12 meses, a partir desse ano. O processo para requerer a CNH inclui exames de aptidão física e psicológica e aulas teóricas com duração de 45 horas/aula, seguidas de uma prova.

Na etapa seguinte, é preciso fazer um curso prático de direção com, no mínimo, 20 horas/aula tanto para a categoria A (motocicleta) quanto para categoria B (automóvel). Após todas essas etapas, o candidato faz a prova prática.

O retorno do prazo para a retirada da CNH foi publicado no Diário Oficial da União na semana passada como Deliberação Contran Nº 248/21. O texto dispõe sobre prazos previstos na Resolução CONTRAN n° 789 que consolida normas sobre o processo de formação de condutores de veículos automotores e elétricos.

O Contran também prorrogou por um ano os prazos para uso dos veículos de aprendizagem nos Centros de Formação de Condutores, conhecidos como autoescola. A medida passou a valer desde o dia 03 de novembro de 2021.

A regra determina que os veículos utilizados pelas autoescolas devem ser trocados após o tempo máximo de uso determinado pelo Contran. No caso das motos, usadas para emissão da CNH na categoria A, o prazo é de 5 anos, excluído o ano de fabricação.

Já para a categoria B, ou seja, para a emissão da CNA que permite a condução de carros, o praza de validade do veículo é de até 8 anos, também sem contar o ano de fabricação. Com a prorrogação do Contran, as autoescolas têm um ano a mais de vida útil dos veículos automotores.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.