Bolsa de Valores 2022: polarização das Eleições já se mostra incorporada nos preços

O próximo ano será marcado pelas eleições presidenciais. Geralmente, este período promove alta volatilidade na Bolsa de Valores. Mesmo que as eleições causem incerteza, o cenário, já negativo, pode não piorar mais a situação da Bolsa de Valores em 2022.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Bolsa de Valores 2022: polarização das Eleições já se mostra incorporada nos preços
Bolsa de Valores 2022: polarização das Eleições já se mostra incorporada nos preços (Imagem: Montagem/FDR)

Na disputa pela presidência, Luiz Inácio Lula da Silva e, o atual presidente, Jair Bolsonaro, lideram as pesquisas. Os possíveis nomes de uma “terceira via” não conseguem se aproximar dos dois nomes.

Em meio a este panorama polarizado, qualquer novidade pode ser positiva. Ou seja, independentemente do resultado nas eleições, o cenário pode não piorar — mais do que já tem sido visto.

publicidade

Ao Valor Investe, a gestora e sócia da Marco Capital, Priscila Araujo, afirma que “as eleições criam um componente de incerteza, mas o cenário já está dado faz tempo.

Ela acha muito difícil de “acontecer um cenário eleitoral, do ponto de vista do mercado, pior do que já foi embutido nos preços”.

No entendimento de Araujo, alega que uma “terceira via”, em termos de mercado, não seria pior, em tese. Nessa ótica, ela declara que é melhor do que qualquer um dos principais candidatos à presidência.

Bolsa de Valores pode passar por uma fase positiva em 2022

Segundo a gestora da Marco Capital, após as eleições, mesmo que não exista a surpresa de uma “terceira via”, a Bolsa de Valores local pode passar por uma fase positiva.

O cenário seria parecido ao registrado no final deste ano, depois da aprovação da PEC dos Precatórios. Essa proposta era rejeitada pelo mercado. O motivo é que, quando a certeza ruim se concretiza, o ânimo dos investidores se restabelece, pois desaparecem as incertezas sobre o futuro.

Durante estes dez meses até o possível segundo turno, Araujo alega que o mercado pode não querer assumir posições de risco. Contudo, “a definição, por si só, tende a ser positiva”.

publicidade

Para ela, talvez o pior já esteja nos preços, e o que vier de diferente, se vier, será melhor”.

Atualmente, o Ibovespa — principal índice da B3 — está em aproximadamente 104.800 pontos. Desde o começo deste ano, o índice já registra perda acima de 11%.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.