Golpes por WhatsApp crescem no final do ano; confira 8 dicas para se proteger

Fim de ano, época de receber o 13° salário e a renda extra aumenta o número de compras on-line, com isso é possível perceber também que se intensifica a prática de golpes por WhatsApp.

Os golpes digitais têm sido cada vez mais comuns pela facilidade que os golpistas encontram em ter acesso aos dados pessoais e financeiros dos usuários. Em épocas festivas, como o final do ano, o alerta se torna ainda maior.

Como se proteger de golpes 

Alguns dos métodos utilizados pelos golpistas vão da criação de perfis falsos até o roubo de contas. Confira 8 dicas para se proteger de golpes:

1- instituições financeiras e grandes empresas possuem canais oficiais, como site, Instagram entre outros. Acompanhe os canais oficiais onde é possível ter conhecimento quanto aos números para contato da empresa;

2– fique atento aos links suspeitos. Informações de promoções são promovidas em canais oficiais, não acredite em qualquer link que chegue por WhatsApp;

3- instituições financeiras não costumam solicitar atualização cadastral via WhatsApp. Não compartilhe seus dados dessa maneira;

4- em caso de clonagem de algum dos seus contatos, a fraude pode ser reconhecida, já que o número de celular não estará na sua agenda;

5- oculte sua foto para que apenas seus contatos vejam, isso dificulta que seu perfil do WhatsApp seja clonado;

6- ative as notificações de segurança. O código de segurança muda quando alguém reinstala ou transfere o app. Caso um contato pedir dinheiro após sua conta ser transferida, você pode desconfiar;

7- em caso de algum contato pedir dinheiro, confirme se de fato é a pessoa que você conhece por trás das mensagens, realize de preferência uma chamada de vídeo.

8- esteja atento ao WhatsApp Web, desconecte sessões realizadas em máquinas que não sejam suas.

Identificou um golpe? Saiba o que fazer

O aconselhável é que ao perceber que está diante de um golpe, não seja mais feita nenhuma interação com o golpista, não responda as mensagens. Ao identificar um golpe é importante que o usuário do WhatsApp comunique a instituição financeira ou empresa a qual o golpista se passa. Após a confirmação, realize a denúncia e bloqueie o número.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.