Mulheres no mercado financeiro: Números crescem com importante certificação financeira

O número de mulheres com certificação CFA tem aumentado em todo o mundo. Esse é um avanço da conquista feminina de espaços de trabalho predominantemente masculinos, como o mercado financeiro.

publicidade

Cada vez mais as mulheres têm conquistado espaços de trabalho que antes eram predominantemente masculinos, o mercado financeiro é um deles.

No Brasil temos nomes importantes que ajudam a divulgar o trabalho feminino na área, como Ana Laura Magalhães, Nathália Rodrigues e Gabriela Mosmann.

Elas se utilizam das suas redes sociais para compartilhar dicas e falar da sua atuação profissional.

publicidade

Mulheres no mercado financeiro

O mercado financeiro pode ser bastante atrativo, mas não é tão fácil de se entrar, isso porque são exigidos alguns certificados.

Como o Chartered Financial Analyst Society (CFA), que atualmente apenas 18% das mulheres de todo o mundo possuem.

Durante a versão brasileira do Bloomberg Women’s Buy-Side Netwoork (BWBN), foi divulgado que a atuação feminina na área é muito menor do que o índice mundial.

“No Brasil, apenas 11% dos titulares de cartas CFA são mulheres, enquanto isso é 18% no mundo todo”, disse a vice-presidente da CFA Society Brasil, Márcia Sadzevicius, disse no evento.

A certificação CFA é importantíssima, pois, com ela é possível atuar no mercado financeiro em diversos países, além da possibilidade de realização de consultorias.

“A certificação CFA é altamente reconhecida em qualquer instituição global. Queremos resolver essa lacuna de gênero e aumentar a participação das mulheres no mercado financeiro”, completou a vice-presidente da CFA Society Brasil.

publicidade

Como conseguir o CFA?

A certificação é concedida pelo CFA Institute, que fica nos EUA, no entanto, no Brasil as provas são realizadas em São Paulo e Rio de Janeiro, inclusive, é possível encontrar informações no Portal Brasileiro.

“O Programa CFA é um exame de três partes que testa os fundamentos das ferramentas de investimento, avaliação de ativos, gestão de portfólio e planejamento patrimonial”, como consta no site oficial do instituto.

Por sinal, em 17 de maio de 2022 vai ser realizada a certificação para o Nível I, todos eles são considerados de alto nível de dificuldade.

publicidade

A participação tem o valor de USD 450 (aproximadamente R$ 2.562,885), que é cobrado apenas na inscrição do primeiro nível.

“Acreditem na própria capacidade e sigam em frente. Eu gostaria de ter tido mais incentivos, mais empurrões, mas vejo um apoio crescente entre as mulheres. O importante é nos fortalecermos — desde as meninas que estão entrando agora no mercado financeiro até as altas executivas”, disse Flavia Janini, do BTG+ à Exame Invest.

Fique bem informado com a editoria de carreiras do FDR.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.