Bolsa Científica do Auxílio Brasil: Quem tem direito de receber R$ 1 mil?

No dia 10 de dezembro, as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil começaram a receber os R$ 400 do benefício extraordinário, que foi autorizado por meio da medida provisória. Com o benefício, será pago o Bolsa Científica, como forma de incentivo a educação.

publicidade
Bolsa Científica do Auxílio Brasil: Quem tem direito de receber R$ 1 mil?
Bolsa Científica do Auxílio Brasil: Quem tem direito de receber R$ 1 mil? (Foto: FDR)

Os recursos fazem parte da Bolsa de Iniciação Científica Junior, um dos benefícios inclusos no Auxílio Brasil. A informação foi antecipada ao EXTRA pelo Ministério da Cidadania. De acordo com a pasta, cerca de três mil alunos serão contemplados com a bolsa.

Quem pode receber?

Podem receber aqueles que  têm filhos estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas.

publicidade

Os beneficiários vão receber também a parcela única de mil reais, e a primeira de 12 cotas de R$ 100. 

Onde serão realizados os pagamentos?

Os pagamentos serão realizados pelo mesmo meio utilizado no Auxílio Brasil, ou seja, será creditado em conta digital ou pelo cartão. No extrato de pagamentos, segundo o Ministério da Cidadania, os valores são discriminados.

Além disso, os beneficiários receberão o vale-gás, que seria liberado na sexta, mas foi adiado. O valor será discriminado no extrato, para que os beneficiários saibam o que estão recebendo e quanto.

Pelo menos 13 milhões de famílias que ganham menos de R$ 400 vão receber o valor mínimo do benefício extraordinário estipulado na MP editada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Ao todo, cerca de 1,5 milhão de pessoas que ganham acima desse valor vão receber a quantia a que já tinham direito. 

Apesar disso, o número total de beneficiários não vai alcançar os 17 milhões em dezembro, de acordo com o que estava previsto inicialmente pelo governo federal.

publicidade

Outros benefícios

O Auxílio Brasil possui ainda outros três benefícios que formam o “núcleo básico” do programa: Benefício Primeira Infância, pago mensalmente no valor de R$ 130 por integrante; benefício Composição Familiar, pago mensalmente no valor de R$ 65 por integrante e Benefício de Superação da Extrema Pobreza, calculado por integrante e pago no limite de um benefício por família beneficiária. 

O Benefício de Superação da Extrema Pobreza e o Benefício Compensatório de Transição, que são pagos em alguns casos para se chegar ao menos ao valor do antigo Bolsa Família não possuem valores específicos.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.