Qual a razão das ações da Magazine Luiza (MGLU3) estarem caindo tanto?

Desde o começo deste ano, as ações da Magazine Luiza (MGLU3) caíram quase 75%. Em dezembro de 2020, os papéis da empresa saiam por aproximadamente R$25. Agora, a negociação está sendo na casa dos R$ 6. Entenda qual a razão das ações da Magazine Luiza (MGLU3) estarem caindo tanto.

publicidade
Qual a razão das ações da Magazine Luiza (MGLU3) estarem caindo tanto?
Qual a razão das ações da Magazine Luiza (MGLU3) estarem caindo tanto? (Imagem: Montagem/FDR)

No ano passado, a companhia passava por um cenário totalmente diferente. Por conta das necessidades proporcionadas pela pandemia de Covid-19, as ações ligadas ao e-commerce foram favorecidas.

Devido ao distanciamento social e a busca pelas compras virtuais, os papéis das empresas de varejo eletrônico valorizaram na Bolsa de Valores. No caso da Magalu — de janeiro a dezembro de 2020 —, houve uma elevação de 109,8%, saindo de R$ 12,05 para R$ 24,95.

publicidade

Já na última sexta-feira (10), as ações da Magazine Luiza fecharam sendo negociadas a R$ 6,37. Somente no acumulado de dezembro de 2021, as ações da companhia despencaram 18,32%.

Qual a razão das ações da Magazine Luiza (MGLU3) estarem caindo tanto?

Neste ano, as ações da Magazine Luiza vêm tendo dificuldades diante do cenário macro nacional. Ao longo dos últimos meses, a inflação vem registrando alta. No acumulado dos últimos 12 meses, a inflação chega a 10,74%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Como resultado, os juros vêm aumentando. Essa tendência tem sido observada desde março deste ano. A taxa Selic passou de 2% para 9,25% ao ano. Na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, a taxa foi elevada em 1,5 ponto percentual.

Este cenário afetou diretamente o bolso dos brasileirose o desempenho das empresas que dependem de consumo, como as varejistas.

Em outubro, as vendas do varejo tiveram queda de 0,1% em comparação a setembro, de acordo com o IBGE. Em relação ao mesmo mês de 2020, houve uma redução de 7,1%.

Ao Money Times, o CEO da Planner, Alan Gandelman, afirmou que a Magazine Luiza seguirá sofrendo na Bolsa enquanto não houver retomada da economia.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Conforme o analista da Mirae Asset, Pedro Galdi, o motivo para a redução da empresa é a falta de confiança do mercado nas varejistas. Isso porque os resultados do terceiro trimestre foram negativos para o setor. Além disso, os resultados para a Black Friday não motivaram os investidores.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.