Queda no varejo derruba ações do setor; Magalu (MGLU3) despenca quase 10%

Nesta quarta, 8, as ações das varejistas listadas na B3 começaram o dia em queda, depois que vendas no setor ficaram abaixo do esperado em meio a um cenário de projeção de alta da taxa básica de juros, Selic.

publicidade

Hoje também, O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) anunciou que as vendas no varejo encolheram 0,1% em outubro em comparação com o mês de setembro. Quando comparamos com o mesmo mês do ano passado, o recuo foi de 7,1%.

O resultado de outubro ficou muito abaixo do esperado e significa o terceiro recuo consecutivo, ainda sob o reflexo da inflação. Por conta disso, o varejo está 6,4% abaixo do patamar recorde registrado em outubro do ano passado.

Após a divulgação do resultado, as empresas varejistas listadas na B3 caíram, já em um cenário em que as gigantes do setor vinham registrando desvalorização e volatilidade.

publicidade

Em torno de 11h40, o Magazine Luiza (MGLU3) encolhia 9,58%, sendo cotada a R$ 6,89. Na sequência apareceu a Via que despencava 4,48%, com cotação a R$ 5,54. 

Também registraram baixa a Americanas S.A. e Lojas Americanas com 3,46% e 3,51%, respectivamente.

Inflação 

O mercado, segundo uma pesquisa da Reuters, tinha uma expectativa de que as vendas no varejo crescessem 0,8% na base mensal e uma queda de 5,6% na comparação anual.

De acordo com a ModalMais, esta queda é decorrente da junção de inflação em alta e retomada do consumo em serviços e impõe um viés de baixa para a atividade de outubro e do último trimestre do ano.

Por fim, o banco diz ainda que a taxa Selic em alta pode causar um reflexo negativo ainda maior na economia do próximo ano.

Queda na venda no varejo 

Cinco das oito atividades monitoradas tiveram perdas, como livros, jornais, revistas e papelaria.

publicidade

De acordo com o IBGE, o reflexo da inflação em alta pode ser detectada, em especial, nos setores de Combustíveis e lubrificantes, Hiper e supermercados e tecidos, vestuário e calçados.

“A inflação continua exercendo impacto nos indicadores, uma vez que a variação de receita nominal de vendas do varejo é positiva, na passagem de setembro para outubro, em 0,7%”, explicou o IBGE em nota.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.