Começou a cobrança do novo juros do empréstimo consignado do INSS

Taxas de juros para linhas de crédito do INSS são ajustadas. Nessa semana, o Instituto Nacional do Seguro Social informou que modificou os limites das tarifas de seu empréstimo consignado. A medida afeta quem solicitar valores antecipados e também os serviços de cartões de crédito.

publicidade
Começou a cobrança do novo juros do empréstimo consignado do INSS (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Começou a cobrança do novo juros do empréstimo consignado do INSS (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Os segurados do INSS devem ficar atentos, pois as taxas de juros do empréstimo consignado foram reajustadas. Em publicação no Diário Oficial da União, o órgão informou que os aposentados e pensionistas pagarão 2,14% ao mês quando solicitarem seus serviços de créditos.

Até então, a taxação era de 1,80%. No caso das operações com cartões de crédito, o reajuste foi de 3% para 3,06% ao mês. Em comunicado, o INSS afirma que a medida foi adotada mediante recomendações do Conselho Nacional de Previdência Social, do Ministério do Trabalho e Previdência.

publicidade

Segundo o secretário de Previdência do ministério, Leonardo Rolim, os valores são referentes ao teto e não a taxa final que vai ser aplicada.

Os conselheiros reconheceram a necessidade de alterar a taxa para se adequar às oscilações do mercado financeiro e ressaltaram a importância da educação financeira para aposentados e pensionistas do INSS,” disse.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Quem tem direito ao empréstimo consignado INSS

  • Servidores públicos aposentados; e
  • Do setor privado os aposentados, pensionista e quem recebe alguns benefícios contínuo.

Quando não solicitar um consignado?

Diante do atual cenário de crise econômica, a população deve ficar atenta a esse tipo de serviço. Ainda que o consignado tenha uma baixa taxa de juros, é preciso ter sabedoria ao optar pela linha de crédito. Analistas econômicos afirmam que ela não deve ser solicitada nos seguintes casos:

  • Para pagar compras do dia-a-dia. Se você precisa de empréstimos para isso, o mais adequado é rever seu orçamento, cortar gastos ou aumentar sua renda.
  • Para fazer investimentos financeiros. Ainda que mais baixos, os juros do crédito consignado são muito superiores ao rendimento das aplicações oferecidas pelas instituições financeiras.
  • Alguém te pedir dinheiro emprestado. Se um familiar ou amigo pedir para contratar o empréstimo em seu nome, não aceite. Essa pessoa pode acabar se enrolando e quem irá pagar a dívida é você.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!