PIB europeu avança 2,2% no terceiro trimestre

No terceiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro teve forte expansão. De julho a setembro, o PIB europeu aumentou 2,2%, em comparação aos três meses anteriores. Os dados foram divulgados pela Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia, nesta terça-feira (7).

publicidade

Em comparação ao terceiro trimestre do ano passado, o PIB da zona do euro teve avanço de 3,9%. O resultado recente demonstra que a economia europeia teve grande recuperação — da perda registrada durante a recessão causada pela pandemia de covid-19.

No segundo trimestre, a economia da Europa aumentou 2,2%. Já na base anual, o desenvolvimento foi de 14,4%, em dados revisados. Anteriormente, a agência de estatísticas tinha informado que o crescimento anual no segundo trimestre tinha sido de 14,3%.

PIB da União Europeia

Ao considerar a União Europeia (EU) no terceiro trimestre, houve um crescimento de 2,1% — em comparação ao trimestre anterior. Já em comparação ao terceiro trimestre de 2020, a EU apresentou um avanço de 4,1%.

publicidade

No segundo trimestre deste ano, a economia teve evolução de 2,1% na base trimestral. Já em termos anuais, em dados revisados, houve um crescimento de 13,8%.

Gastos na Europa no terceiro trimestre

Para que o PIB na zona do euro e da União Europeia tivesse este desempenho positivo, os gastos familiares e do governo tiveram contribuição. A balança externa também foi favorável. Por outro lado, a formação bruta de capital fixo teve desempenho desfavorável.

A despesa de consumo final das famílias, no terceiro trimestre, cresceu 4,1% na zona do euro. Na União Europeia, a desenvolvimento foi de 4,0%. No trimestre anterior, foi registrada um alta de 3,9% na zona do euro e 3,7% na União Europeia.

Com relação às despesas finais do governo, houve elevação de 0,3% nas duas zonas apuradas. No segundo trimestre, a zona do euro tinha aumentado 2,1%. A União Europeia havia subido 1,9% no período.

Por outro lado, a formação bruta de capital fixo caiu 0,9% na zona do euro. Na União Europeia, por sua vez, a diminuição foi de 1,3%. No segundo trimestre, as duas zonas tinham registrado desempenho positivo — com aumento de 1,3% na zona do euro, e 1,0% na UE.

Já com relação às exportações, foi registrado uma melhora de 1,2% na zona do Euro e 1,0% na União Europeia. Anteriormente, a elevação havia sido de 2,4% na zona do euro e 2,0% na UE.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.