A repercussão do PIB brasileiro: Confira comentários de especialistas

O PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil registou uma queda pelo segundo trimestre seguido, fazendo com que o pais entre em recessão técnica. De acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados hoje, 2, o PIB encolheu 0,1% em comparação com o trimestre anterior.

publicidade

Um país, por definição, entra em recessão técnica quando é registrado queda no PIB por dois trimestres consecutivos. Este é um sinal de alerta econômico. 

De acordo com especialistas, a situação mais preocupante é quando esta queda na economia, com diminuição de produção, se prolonga por um período longo e prejudica diversos setores econômicos.

Também foi revisado pelo IBGE o resultado do segundo trimestre, que foi de -0,1% para – 0,4%. A última recessão técnica detectada no Brasil aconteceu no ano passado, quando o PIB encolheu 2,3% no primeiro trimestre e 8,9% no segundo. A pandemia foi a grande causadora desses resultados.

publicidade

Segundo especialistas procurados pela agência Reuters, eles esperavam uma estabilidade econômica no terceiro trimestre de 2021. Comparando com o resultado obtido no terceiro trimestre de 2020, o PIB teve um aumento de 4,2%, ante a projeção de 4,2%. O resultado do terceiro trimestre deste ano já ameaça o crescimento da economia no ano novo.

O IBGE revelou que o PIB está no mesmo nível do fim de 2019 e início de 2020, período de pré-pandemia, e 3,4% abaixo do patamar mais alto da atividade econômica na série histórica, resultado obtido no primeiro trimestre de 2014.

Agropecuária cai e prejudica PIB

Mesmo com o crescimento dos serviços, que correspondem por cerca de 70% do PIB brasileiro, a agropecuária foi a responsável por puxar a economia para baixo, caindo 9% em comparação com o segundo trimestre e 9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Rebeca Palis, Coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, disse que como a colheita de soja fica concentrada nos dois primeiros trimestres do ano, o resultado do terceiro trimestre é prejudicado

Como ela é a principal commodity brasileira, a produção agrícola tende a ser menor a partir do segundo semestre. Além disso, a agropecuária vem de uma base de comparação alta, já que foi a atividade que mais cresceu no período de pandemia e, para este ano, as perspectivas não foram tão positivas, em ano de bienalidade negativa para o café e com a ocorrência de fatores climáticos adversos na época do plantio de alguns grãos”, disse.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.