O que fazer quando o Auxílio Brasil tem valor menor que o Bolsa Família

População afirma que está com recebimento inferior no auxílio Brasil. Nas últimas semanas, o ministério da cidadania realizou o pagamento da primeira parcela de seu novo projeto social. Para quem era beneficiário do Bolsa Família, a transição entre os programas afeta o valor das mensalidades, de modo que foi criado uma espécie de abono compensatório. Acompanhe.

publicidade
O que fazer quando o Auxílio Brasil tem valor menor que o Bolsa Família (Imagem: FDR)
O que fazer quando o Auxílio Brasil tem valor menor que o Bolsa Família (Imagem: FDR)

O pagamento do auxílio Brasil já começou e acaba de ser encerrado em sua primeira rodada. O projeto vem contemplado cerca de 14 milhões de brasileiros e tem o valor máximo de até R$ 217. Para ter acesso a essa quantia, no entanto, há alguns abonos complementares e foi criado também o benefício compensatório destinado ao público do Bolsa Família.

Como funciona o benefício compensatório

Ele tem como finalidade igualar os valores pagos entre o Bolsa Família e o Auxílio Brasil. Quem, nessa primeira rodada, ficou com um salário abaixo da quantia paga pelo BF, ganhou uma espécie de abono para atingir a média de renda.

publicidade

“Benefício Compensatório de Transição: concedido às famílias beneficiárias do Bolsa Família que tiverem redução no valor a ser recebido em decorrência do enquadramento na nova estrutura de benefícios”, diz o texto do projeto.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Para fazer o cálculo é só avaliar quanto recebeu pelo Bolsa Família em outubro e reduzir o valor pago em novembro, que foi de R$ 217. A diferença entre ambas as tarifas equivale a compensação cedida pelo governo.

O Benefício Compensatório de Transição será encerrado em três hipóteses:

  • o valor total dos benefícios do Auxílio Brasil ficar igual ou maior que o valor recebido pela família no Bolsa Família
  • até que a família não atenda mais os critérios de elegibilidade do benefício
  • quando a família deixar de atender os critérios de permanência no Auxílio Brasil

Lista dos demais benefícios do Auxílio Brasil

  • Benefício Primeira Infância: famílias com crianças de até 3 anos recebem o valor de R$ 130;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: jovens de 18 a 21 anos incompletos recebem R$ 65, o intuito é o incentivo para que os jovens concluam a escolarização;
  • Benefício Composição Familiar: para famílias que tenham gestantes, ou pessoas de 3 a 17 anos de idade, ou de 18 a 21 anos matriculados na educação básica. O valor do benefício será de R$ 65 por pessoa, no limite de até cinco benefícios por família;
  • Auxílio Esporte Escolar: estudantes de 12 a 17 anos incompletos que se destacam em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros e que são de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil recebem parcela única de R$ 1 mil ou R$ 100 mensais;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas. O valor é de 12 parcelas mensais de R$ 100 ou R$ 1 mil em parcela única;
  • Auxílio Criança Cidadã: para o responsável de criança de até 4 anos incompletos que tenha fonte de renda, mas não consiga vaga em creches públicas ou de rede conveniada. O valor é de R$ 200 para crianças matriculadas em período parcial e R$ 300 em período integral;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: destinado para agricultores familiares inscritos no CadÚnico. O valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: destinado para quem comprovar vínculo de emprego formal. Valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Regra de Emancipação: para beneficiários que tiveram aumento de renda per capita ultrapassando o limite para a inclusão no auxílio, estes serão mantidos na folha de pagamento por mais 24 meses.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!