Projeto quer incluir intercâmbio nas horas obrigatórias do estágio

Comissão aprovou projeto que vai incluir o intercâmbio nas horas obrigatórias do estágio superior. Medida pode fazer com que mais brasileiros busquem oportunidades de aumentar o conhecimento fora do Brasil.

publicidade

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 6294/19, de autoria do Deputado Carlos Henrique Gagium, que autoriza que o intercâmbio seja incluído na carga horária obrigatória dos cursos de nível superior que substituem os estágios.

Essa medida deve incentivar os estudantes brasileiros a procurarem cada vez mais realizar intercâmbios educacionais.

O que contribui para a formação profissional ao mesmo tempo em que possibilita novas vivencias.

publicidade

“O incentivo à realização de intercâmbios pelos estudantes é positivo. A vivência no exterior proporciona uma experiência de vida ímpar na jornada acadêmica, de modo que, individualmente, merece ser incentivada”, afirmou o deputado Tiago Mitraud, relator do projeto.

Intercâmbio e estágio

Atualmente apenas as atividades de extensão, monitorias e iniciação cientifica, que estão previstas no projeto pedagógico do curso, podem substituir o estágio, é exatamente nesse ponto que o projeto deve entrar.

A proposta não é substituir essas atividades pelo intercambio, mas sim inserir ele na relação de atividades aceitas como substituto do estágio.

“A redação atual da lei não traz a possibilidade de reconhecimento pelas instituições de ensino de práticas desenvolvidas fora do território nacional, como estágio”, afirmou o autor do projeto, o Deputado Gagium.

O projeto também aumentará o número de estudantes que vem fazer o intercambio no Brasil.

Pois, deve desburocratizá-lo, já que não seria mais necessário que o estudante estrangeiro esteja vinculado a uma instituição brasileira.

publicidade

Vale lembrar que para a concessão do visto de estudante o estrangeiro já precisa comprovar ter vínculo com uma instituição superior no seu país de origem.

“A retirada da obrigatoriedade de o estudante estrangeiro realizar matrícula em instituição brasileira pode contribuir para um expressivo aumento de intercambistas, contribuindo para o crescimento do País com a troca de conhecimento nas empresas brasileiras”, afirma o deputado.

É necessário aguardar as novas publicações da Câmara Legislativa para saber sobre a tramitação desse projeto.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Fique bem informado com a editoria de carreiras do FDR .

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.