IPTU de SP será reajustado com base na inflação; o que muda no valor?

A Câmara Municipal da cidade de São Paulo (SP) aprovou recentemente o Projeto de Lei (PL) que reajusta a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). E agora segue para sanção do prefeito Ricardo Nunes. Com 34 votos a favor, o tributo poderá ser corrigido pela inflação entre 2022 a 2024. 

publicidade
IPTU de SP será reajustado com base na inflação; o que muda no valor?
IPTU de SP será reajustado com base na inflação; o que muda no valor? (Imagem: FDR)

O reajuste do IPTU será executado com base no medidor oficial da inflação, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (INPC), se limitando a 10%. Desde 2019 o município não aumenta o valor cobrado no imposto, lembrando que o acréscimo foi de 3,5% de maneira uniforme. 

Recentemente o texto foi aprovado por 34 votos a favor, 19 contrários e uma abstenção, porém, a proposta recebeu críticas vindas de bancadas como o PSOL e o PT.

publicidade

A alegação dos membros destes partidos é que o reajuste do IPTU pela inflação resultaria em um aumento expressivo nesta contribuição, sobretudo, nos bairros periféricos conforme demonstrado por meio de uma pesquisa.

A isenção que antes era de R$ 160 mil passou para imóveis avaliados em R$ 230 mil. O cálculo estima que até 1,2 milhão de imóveis da cidade devem permanecer isentos.

Mas antes que qualquer alteração seja feita, é preciso fazer a revisão da Planta Genérica de Valores, uma obrigatoriedade que deve ser cumprida sempre no primeiro ano de cada mandato.

Este documento é responsável por determinar os valores referentes ao metro quadrado dos imóveis, tanto terrenos quanto construções. 

IPTU

O IPTU é o imposto incidente sobre as propriedades construídas em perímetro urbano, ou seja, é cobrado anualmente de proprietários de casas, prédios ou estabelecimentos comerciais de uma cidade.

Tendo em vista que ele incide sobre cada propriedade, o contribuinte que tiver mais de um imóvel registrado em sua titularidade, deverá arcar com as despesas de todos eles. Se ele possuir cinco imóveis, será preciso pagar cinco IPTUs.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

É importante destacar que, se a propriedade for urbana, mas ele possuir apenas o terreno sem construção, será pago o Imposto Territorial Urbano (ITU). Porém, se o terreno se encontrar fora do perímetro urbano, a taxa incidente é a do Imposto Territorial Rural (ITR). Ambos possuem uma base de cálculos e alíquotas distintas do IPTU. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.