Azul desiste de comprar Latam após companhia protocolar plano de recuperação

Neste domingo (28), a Azul informou que realizou uma oferta para a compra da Latam Airlines. No entanto, a Azul desistiu de comprar Latam logo depois, o motivo foi porque o plano de recuperação judicial apresentado pela Latam prevê uma quantia considerada cara pela Azul.

publicidade

A Azul revelou que no dia 11 de novembro apresentou uma oferta não-vinculante relativa a uma combinação de negócios com o grupo chileno de aviação Latam. A oferta inclui a prospecção de aproximadamente US$ 5 bilhões de financiamento em ações — garantido por alguns credores da Latam.

Segundo a Azul, a proposta permitiria um crescimento considerável da sua malha aérea. Seria possível haver expansão no número de destinos, uma maior conveniência, serviços e produtos. A companhia ainda declara que tanto os clientes da Azul como da Latam seriam beneficiados.

A companhia alega que uma combinação com a Latam resultaria em sinergias de mais de US$ 4 bilhões.

publicidade

Azul desiste de comprar Latam

Apesar disso, a quantia atribuída à Latam foi maior do que a Azul acredita ser aceitável. A decisão também considera “as contínuas incertezas no setor, especialmente nos mercados internacionais de longa distância”.

Como resultado, a empresa revela que seguirá “focando em suas vantagens exclusivas proporcionadas por sua malha única e sua frota flexível, complementada pelo alto potencial de crescimento de negócios”.

A Azul ainda informa que seguirá “avaliando futuras oportunidades de parceria e consolidação”. Em caso de novidades, a empresa declara que manterá o mercado atualizado.

Ao Valor, o presidente da Azul, John Rodgerson, afirmou que “por enquanto” desistiu de comprar a chilena Latam. De qualquer forma, ele acredita que a empresa terá “oportunidades nos próximos meses”.

No entendimento do executivo, a oportunidade tem relação com os desafios a serem enfrentados pela Latam para obter a aprovação de seu plano — por parte dos credores. Rodgerson alega que o plano prioriza bastante o acionista e deixa os credores em segundo plano.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

No último sábado (27), a Latam informou que apresentou um plano de recuperação judicial à Justiça dos Estados Unidos. A proposta estima uma injeção de capital de US$ 8,19 bilhões. Por meio deste plano, a Latam Airlines mantém exclusividade na negociação das dívidas.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.