Conta de luz mais alta reflete diretamente no valor da sua decoração de Natal

A conta de luz mais cara é um reflexo da crise hídrica e também um adicional para o varejo no Natal deste ano. Já que o uso de luzes pode afetar diretamente a conta de luz dos lojistas que apostam na data para aquecer suas vendas.

Conta de luz mais alta reflete diretamente no valor da sua decoração de Natal
Conta de luz mais alta reflete diretamente no valor da sua decoração de Natal (Imagem: FDR)

Nas vésperas do Natal, as lojas e os shoppings costumam funcionar com o horário ampliado, isso exige um consumo ainda maior de eletricidade.

Em entrevista à Folha, o economista Fábio Bentes, da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) afirma que essa pressão traz impactos.

“O primeiro é a redução no poder de compra do consumidor com a energia mais cara e a subida da inflação. O segundo efeito é de custo. A energia tem peso bastante significativo para determinados segmentos do comércio”, disse.

De acordo com Bentes, as despesas com luz representam cerca de 7,6% do varejo.

Já nos hipermercados e supermercados, essa despesa sobe para 10,4%, por conta do uso dos equipamentos para a refrigeração de alguns produtos. 

O percentual fica ainda maior e beira os 20% no caso de mercados e armazéns de pequeno porte.

Por conta da crise hídrica, a energia ficou mais cara neste ano. A escassez de chuva fez com que fosse necessário acionar as usinas térmicas, isso aumenta os custos de geração de energia. Isso reflete na conta mais alta para consumidores e empresas.

De acordo com o cálculo do  IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), a energia elétrica residencial acumula alta de 19,13% no ano, até outubro, e disparada de 30,27% em 12 meses.

Nestas condições, a montagem das tradicionais luzes de natal, por lojas e até em espaços abertos acabam sendo mais caras.

Alguns município como Gramado, na serra gaúcha, que tem o Natal Luz vai sentir o efeito da luz mais cara que começou no final de outubro e vai até janeiro.

A programação é composta por uma série de espetáculos natalinos, e pontos da cidade são decorados com luzes e enfeites da data.

De acordo com a arquiteta Tatiana Ferreira, chefe do departamento de infraestrutura e segurança da Gramadotur, autarquia responsável pelo Natal Luz: “Sem dúvida nenhuma, teremos um impacto bastante expressivo em relação aos outros anos e, principalmente, em relação aos meses em que esses pontos de energia não são utilizados”, disse.

Os shoppings realizam as decorações e apostam no Natal para aquecer os negócios. Mesmo com essa alta, os estabelecimentos não vão abandonar as luzes e os enfeites da data, relata o diretor institucional da Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), Luís Augusto Ildefonso.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.