Não é só financiamento! Veja IPTU, água, luz e outros gastos da casa própria

Pontos-chave
  • Casa própria demanda vários gastos mensais;
  • É importante considerá-los antes de investir em um imóvel;
  • Gastos fixos podem ser ajustados todos os anos.

A casa própria ainda é o sonho de muitos brasileiros pelo país. A compra do imóvel próprio requer muito planejamento alguns sacrifícios. Mas os gastos não terminam no momento em que você quita o pagamento. É preciso lembrar de todos os gastos que a compra implica. Com isso, será que vale a pena o investimento em um imóvel próprio?. 

Principais gastos com a casa própria

É preços analisar todos os gastos que são necessários para manter uma casa antes de iniciar um financiamento. Confira os principais:

  • Aluguel/ financiamento 

Não são todas as pessoas que tem condições de comprar uma casa própria à vista e por conta disso, precisam optar pelo financiamento ou aluguel. Seja qual for a opção que se encaixa em sua realidade, leve este gasto mensal em consideração.

Para o aluguel, o valor pode ser acordado junto ao dono do imóvel através de contrato. O pagamento pode ser efetuado em dinheiro ou transferência. Lembre de pedir um comprovante de pagamento em ambos as opções.

Já no caso do financiamento, as parcelas geralmente são descontadas diretamente da conta bancária. Neste caso, é importante sempre deixar o valor da parcela em sua conta.

  • Manutenção da casa

Imprevisto com obras podem acontecer até mesmo em casas novas. Também pode acontecer de após a compra, você deseje mudar algo. 

Quando pensar em fazer uma reforma, mesmo que pequena, é importe fazer um controle de gastos e orçamentos em locais diferentes para encontrar os melhores preços. Caso queria fazer alguma alteração ou uma reforma necessária, saiba que dificilmente o valor orçado não será alterado. 

O ideal é ter um fundo de reserva financeira especial pra as manutenções, pequenas ou grandes, que uma residência pode exigir. Isso evita as surpresas.

  • Condomínio 

Se você preferir comprar uma casa ou apartamento que fica dentro de condomínio, coloque este gasto em seu orçamento. 

O valor pago de condomínio é empregado no pagamento de serviços como limpeza, jardinagem, manutenção, segurança, entre outros. 

  • Impostos 

Um ponto importante que deve ser considerado são os impostos que devem ser pagos por todos os proprietários de imóveis. 

O principal tributo é o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), que incide sobre todos os imóveis, e que considera a localização e metragem, sendo que seu pagamento é devido ao fisco municipal.

A forma de cobrança do IPTU pode variar de local para local. Geralmente ele pode ser quitado à vista no início do ano ou parcelado.

  • Contas básicas

Ao se mudar para sua nova casa, é preciso ficar ligado nos gastos fixos mensais. Eles são indispensáveis e sempre devem estar dentro do seu orçamento. 

Entre estes gastos estão água, luz, telefone, gás, entre outros. Gasto com internet banda larga já se tornou quase uma conta obrigatória em meio a este mundo conectado que vivemos. Sendo assim, se estar conectado é importante para você, leve este gasto em consideração.

Você só irá mensurar os valores dessas despesas na prática, após os primeiros meses, mas é preciso prestar atenção para que elas não acabem estourando o orçamento.

  • Vale a pena comprar a casa própria?

Após esta lista de gastos que uma casa própria própria demanda, é comum se assustar e se perguntar se realmente vale a pena o investimento.

Mesmo com tudo isso, arrisco dizer que vale a pena sim, principalmente no longo prazo. Manter uma casa é uma arte que necessita de prática e pode demorar um pouco pra você se estabilizar. Mas, numa tarde tranquila, poder curtir um bom filme, ou preparar aquele almoço especial para os amigos em sua casa é recompensador.

Após a leitura, é importante avaliar todos os pontos e se planejar para realizar este sonho especial. Esperamos que a matéria te ajude nesta que é uma das decisões mais importantes da vida.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.