Extra se tornará Assai e lojas começam a ser fechadas no Brasil; entenda

Pontos-chave
  • Hipermercados Extra saem de cena e abrem espaço para o Assaí
  • O fim do Extra foi acertado através de um acordo com o Assaí
  • Grande parte das lojas encerra as atividades este ano

Recentemente, o Grupo Pão de Açúcar comunicou o fim da bandeira de hipermercados Extra Hiper, representando a desistência do grupo em um segmento de mercado que vinha perdendo espaço em meio a concorrência dos atacarejos e também por conta dos reflexos da pandemia do coronavírus nas finanças dos brasileiros. 

O fim do Extra foi acertado através de um acordo com o Assaí, grupo de atacarejo que pertence ao francês Casino (e que também controla o Grupo Pão de Açúcar), de acordo com fato relevante. 

O acordo prevê que o Grupo Pão de Açúcar venderá para o Assaí 71 lojas do Extra Hiper que vão se tornar atacarejos. O valor do acordo é de até R$5,2 bilhões. O grupo fechou o primeiro semestre do ano com 103 lojas Extra Hiper abertas.

Serão pagas ao GPA pelo Assaí R$4 bilhões em prestações com vencimento entre dezembro deste ano até janeiro de 2024. O montante restante de R$1,2 bilhão será quitado através de um fundo imobiliário que possui garantia do Assaí.

Não foram revelados detalhes a respeito do fundo, porém o GPA disse que irá alugar 17 imóveis que antes pertenciam a empresa para o Assaí por um período de 20 anos, podendo ser renovado por igual período. 

O Pão de Açúcar vinha tentando ampliar os resultados da bandeira Extra, porém está em meio a uma concorrência pesada de empresas de atacarejo que englobam, o próprio Assaí, e o Atacadão, do grupo Carrefour Brasil.

Por outro lado, o Assaí vem praticando uma campanha de expansão de lojas, entrando em novos estados do Brasil em um momento em que a renda das famílias permanece pressionada em decorrência do desemprego e da alta da inflação.

“A transação foi concebida sob um racional claro do ponto de vista de negócios e financeiro, para as duas companhias, com potencial de significativa criação de valor para os seus respectivos acionistas”, disse o GPA no fato relevante.

Através do negócio, o Grupo Pão de Açúcar reitera mais ainda o foco em segmentos “premium” e de proximidade “notadamente com as bandeiras Pão de Açúcar, Minuto e Mercado Extra, além de reforçar a posição de liderança do GPA no varejo e e-commerce alimentar no país”, afirmou Faiçal, no fato relevante.

Segundo o executivo, o cartão de crédito com a “bandeira Extra Hiper será descontinuado” e as lojas do formato que ficaram de fora da operação serão convertidas para outras bandeiras”.

O GPA disse que como as duas campanhas são comandadas pelo Casino, a transação foi efetuada com sucesso, e “exclusivamente com os votos dos conselheiros independentes de GPA e Assaí”.

Maiores lojas da rede fecham em 2021

Grande parte das lojas do Extra Hipermercado encerrarão as atividades até o último dia deste ano. O comunicado foi um entendimento de negócios entre o Grupo Pão de Açúcar  e o Assaí, porém que ainda possuem fases que devem ser concluídas. 

“Em relação aos colaboradores, o principal direcionamento é o reaproveitamento interno nas demais unidades dos negócios envolvidos na transação, o que inclui a priorização da contratação dos funcionários do Extra Hiper nas novas unidades do Assaí”.

De acordo com o comunicado, o Grupo Pão de Açúcar está utilizando um processo de mapeamento que cobre totalmente os colaboradores destas unidades. O objetivo é saber qual o interesse individual de cada funcionário.

Mesmo com essa mudança, O GPA também garante que cerca de 20 mil novas vagas de emprego serão criadas.

“Vale ressaltar que, independentemente da marca que venha a se instalar nas mais de 100 unidades do Extra Hiper que encerram suas atividades até o fim do ano, seja Assaí, seja Pão de Açúcar ou Mercado Extra, está prevista a geração de empregos.”

A marca Extra permanece atendendo os clientes em todo o Brasil,  por meio dos mais de 300 pontos de vendas das redes Mercado Extra e Mini Extra, além do e-commerce ClubeExtra.com.br e do app Clube Extra.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.