O que é a pirâmide financeira? Oferta pode prejudicar você e suas finanças

Você já recebeu alguma proposta de investimento que prometia ganhos consideráveis e rápidos? Provavelmente esta proposta se trata de uma pirâmide financeira e é importante entender o que isso significa. Confira tudo sobre o assunto.

Daniel Silva, advogado da Galvão & Silva Advocacia explicou tudo sobre o assunto ao Isto É dinheiro.

Pirâmide Financeira: O que é?

Este termo representa qualquer modelo comercial que depende profundamente de novas pessoas para participar do negócio. Este tipo de negocio é diferente de um modelo tradicional, pois em um empreendimento comercial, o crescimento é baseado no aumento das vendas para os clientes.

Já no modelo de pirâmide, o crescimento considera o número de novos participantes.

A pirâmide financeira é crime?

No nosso país, é comum delimitar as pirâmides como um crime contra a economia popular. Os responsáveis por elas podem inclusive ser acusados de estelionato, a depender de cada interpretação. Sendo assim, isto é crime.

É perigoso?

Este tipo de negócio é muito perigoso, pois acontece rapidamente, atingindo mais vitimas de forma progressiva. Estas pessoas investem dinheiro e dificilmente verão o retorno disso. Com isso, a pirâmide causa prejuízos para um grande número de pessoas.

Como saber se estou diante deste esquema?

Para identificar uma pirâmide é importante se atentar as promessas de grandes ganhos sem uma explicação clara do que está sendo vendido ou de que maneira isso será entregue. Um outro ponto de atenção é a possibilidade de revender o mesmo “serviço” comprado, sem precisar entregar nada além da venda em si.

O ponto mais importante que deve ser verificado é a identificação da atividade de recrutamento de novos membros como forma de lucrar.

Como se proteger?

Sempre desconfie de promessas de garantia de ganhos altos. No mercado financeiro nenhuma rentabilidade anterior é tida como base para ganhos futuros.

Sempre evite também, participar de investimentos cujo o recrutamento de novos participantes é mais importante do que a venda do produto ou serviço em si. Se isto acontecer, é um indício certo de que algo está errado.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.