SPPrev corta salário dos aposentados em SP por falta da prova de vida

Aposentados e pensionistas servidores do Estado de São Paulo têm até o final desta quinta-feira, 11, para realizarem a prova de vida. O procedimento é necessário para que o salário possa ser desbloqueado. Segundo a São Paulo Previdência (SPPrev), tratam-se dos aniversariantes dos meses de maio e setembro. 

SPPrev corta salário dos aposentados em SP por falta da prova de vida
SPPrev corta salário dos aposentados em SP por falta da prova de vida. (Imagem: FDR)

O bloqueio dos salários aconteceu porque o prazo oficial para a prova de vida deste grupo terminou na última terça-feira, 9, data em que deveriam ter procurado uma agência do Banco do Brasil para regularizar a situação.

A prova de vida é um procedimento obrigatório e que, por lei, deve ser realizado uma vez ao ano. Contudo, permaneceu suspenso por, aproximadamente um ano em virtude dos efeitos da pandemia da Covid-19 que levou ao fechamento das agências previdenciárias. 

Agora, a exigência está ativa novamente e com um novo calendário em vigor, motivo pelo qual ambos os grupos de aposentados que negligenciaram os prazos tiveram os benefícios bloqueados.

É importante destacar que os inativos, pensionistas civis e militares que já realizaram o recadastramento em 2021 não precisam se preocupar, pois o procedimento não precisará ser feito novamente e, por consequência, não haverá nenhum bloqueio ou cancelamento dos benefícios. 

Informações divulgadas pela SPPrev apontam que 18,3 mil aposentados nascidos em maio e setembro tiveram os benefícios bloqueados por não fazerem a prova de vida na data estipulada.

Enquanto isso, os inativos e pensionistas que foram surpreendidos pelo bloqueio do pagamento, mas que já regularizaram a situação até a última terça-feira, 9, não precisam se preocupar, pois o salário será reativado na próxima folha, a do dia 19 de novembro. 

Desta forma, é preciso estar consciente de que as próximas reativações irão depender da data em que os aposentados regularizaram os dados cadastrais previdenciários. Essa questão reforça a atenção que os próximos grupos devem ter, como os nascidos em junho e outubro, cujo prazo da prova de vida se encerra no dia 19 de novembro. 

Essas pessoas devem procurar uma das unidades do Banco do Brasil até a data mencionada, ou se preferirem, as agências da SPPrev até o dia 22 de novembro para evitar que o pagamento do benefício também seja bloqueado.

Lembrando que a prova de vida para aposentados, pensionistas civis e militares voltou a ser obrigatória no dia 1º de setembro. Mas existe a particularidade voltada aos aniversariantes dos meses de janeiro a abril, que foram incluídos no próximo cronograma que irá vigorar apenas no ano de 2022, por isso, podem ficar tranquilos quanto ao pagamento dos salários até lá.

Por outro lado, se desejarem antecipar o recadastramento por livre e espontânea vontade, basta que procurem o Banco do Brasil ou a SPPrev. 

Veja o calendário de recadastramento para servidores aposentados e pensionistas do Estado de São Paulo:

  • Setembro: Aniversariantes dos meses de maio e setembro;
  • Outubro: Aniversariantes dos meses de junho e outubro;
  • Novembro: Aniversariantes dos meses de julho e novembro;
  • Dezembro: Aniversariantes dos meses de agosto e dezembro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.