Última semana para agendar perícia e não ter benefício do INSS cancelado

Esta é a última semana para os mais de 85 mil segurados do INSS realizarem o agendamento da sua perícia médica e regularizar o cadastro dos seus benefícios. Este grupo foi convocado pelo governo federal no pente fino. 

Última semana para agendar perícia e não ter benefício do INSS cancelado
Última semana para agendar perícia e não ter benefício do INSS cancelado (Imagem: FDR)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realizou a convocação de um novo grupo para realizar o pente fino nos benefícios e a suspensão dos salários para aqueles que estão recebendo de forma indevida.

Pente fino

A ação é realizada para acabar com o pagamento para os beneficiários que não estão nas regras de concessão que foram determinadas pelo INSS. 

Assim, a previdência espera que o número de fraudes seja reduzido em sua folha de pagamento diminuindo as suas despesas.

A maior parte dos que foram notificados estão sem renovar a sua perícia médica.  A perícia é como uma validação do seu estado de saúde que prova que o cidadão não pode realizar o seu trabalho, e isso justifica que ele receba o benefício do governo.

Como agendar perícia pelo Meu INSS?

Por meio do aplicativo Meu INSS o segurado precisa:

  1. Acessar a página do Meu INSS (pelo site ou aplicativo);
  2. Fazer o login e vá até a opção “Agende sua Perícia” no menu do lado esquerdo;
  3. Clicar em “Agendar Novo”;
  4. Acompanhar o pedido em “Resultado de Requerimento/Benefício por Incapacidade”;
  5. Comparecer na data marcada para a perícia médica.

Como realizar agendamento de perícia por meio do 135?

Caso o segurado tenha alguma dúvida sobre como agendar online um atendimento do INSS é possível ligar para o número 135 e agendar seu atendimento por telefone.

Escolhendo o tipo de assistência que precisa, a unidade mais próxima, data e horário.

Quais os benefícios exigem realização de perícia

Quais documentos preciso apresentar para renovar o cadastro?

Para realizar a renovação do cadastro é preciso que os segurados apresentem:

  • Documento de identidade (RG, CNH, etc) e o CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Atestado médico que conste a CID (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde) e tenha assinatura, carimbo e endereço do profissional;
  • Carteiras de Trabalho e/ou Carnês de Recolhimento;
  • ASO emitido pelo médico do trabalho, em que se atesta a condição de saúde do trabalhador;
  • Carta elaborada pela empresa em se declare o último dia de trabalho;
  • Exames de sangue e de imagem que comprovem a doença ou lesão;
  • Todas as receitas que indiquem a medicação utilizada pelo paciente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.