CAIXA volta a liberar saques do auxílio emergencial nesta terça-feira (9)

A Caixa Econômica Federal (CEF) já liberou os depósitos do auxílio emergencial, agora segue dando continuidade ao cronograma com os saques e transferências. Esta é a sétima e última parcela do benefício que amparou milhares de brasileiros em 2020 e 2021.

CAIXA volta a liberar saques do auxílio emergencial nesta terça-feira (9)
CAIXA volta a liberar saques do auxílio emergencial nesta terça-feira (9) (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Os saques e transferências da sétima parcela do auxílio emergencial irão vigorar entre os dias 1º a 19 de novembro. Durante este período os beneficiários podem obter em mãos as parcelas no valor de R$ 150, R$ 250 e R$ 375. 

O valor exato de cada parcela é liberado conforme o perfil dos beneficiários. Por exemplo, enquanto uma pessoa que mora sozinha recebe R$ 150, o representante do grupo familiar tem direito à quantia média de R$ 250. Por fim, a cota máxima é direcionada às mães solteiras chefes de família.

As quantias que estão disponíveis para saques e transferências se referem ao público geral do auxílio emergencial. Esse grupo é composto por desempregados, trabalhadores autônomos, cidadãos de baixa renda inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e Microempreendedores Individuais (MEI).

O calendário de saques e transferências do auxílio emergencial é a segunda etapa do cronograma de pagamentos. A primeira trata dos depósitos, que no caso da sétima parcela, foram liberados entre 20 a 31 de outubro.

Esta divisão foi necessária logo após o Governo Federal dar início ao programa em meados de abril de 2020. Na época, os beneficiários causaram aglomerações nas agências da Caixa por todo o país em busca do recurso. 

A situação gerou revolta, tendo em vista que o auxílio emergencial começou a ser disponibilizado justamente em prol da pandemia da Covid-19, que recomenda medidas com o propósito de evitar tumulto.

Foi então que também surgiu a conta poupança social digital gerenciada pelo aplicativo Caixa Tem. Por ele, o beneficiário do auxílio teve a oportunidade de receber os valores sem sair de casa.

Embora as quantias tenham ficado restritas até que o calendário de saques e transferências entrasse em vigor, durante um determinado período esse dinheiro foi utilizado para pagar boletos online, realizar compras com o cartão de débito virtual, fazer recargas de celular, consultar informações sobre o benefício e muito mais. 

Mas agora, com o último cronograma em vigor, basta se atentar às seguintes datas:

  • Nascidos em janeiro: 1 de novembro;
  • Nascidos em fevereiro: 3 de novembro;
  • Nascidos em março: 4 de novembro;
  • Nascidos em abril: 5 de novembro;
  • Nascidos em maio: 9 de novembro;
  • Nascidos em junho: 10 de novembro;
  • Nascidos em julho: 11 de novembro;
  • Nascidos em agosto: 12 de novembro;
  • Nascidos em setembro: 16 de novembro;
  • Nascidos em outubro: 17 de novembro;
  • Nascidos em novembro: 18 de novembro;
  • Nascidos em dezembro: 19 de novembro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.