Pente fino do INSS vai cancelar 85 mil benefícios; saiba como salvar o seu!

Brasileiros podem perder o direito de seus benefícios. Na última semana, o INSS informou que cerca de 85 mil segurados devem regularizar os cadastros. O procedimento faz parte da operação pente fino que tem como finalidade cancelar o pagamento de quem estiver com a pericia médica e a documentação desatualizados.

Pente fino do INSS vai cancelar 85 mil benefícios; saiba como salvar o seu! (Imagem: FDR)
Pente fino do INSS vai cancelar 85 mil benefícios; saiba como salvar o seu! (Imagem: FDR)

Os benefícios por incapacidade, concedidos pelo INSS, estão passando por um processo de vistoria. Os segurados tiveram seus cadastros analisados de modo que aqueles que estão sem algum documento ou com a perícia atrasada foram notificados para rever a situação.

O procedimento de revisão e correção dos dados é de caráter obrigatório e pode implicar na suspensão dos abonos. Normalmente, os segurados vinculados ao Auxílio Doença, BPC, entre outros, vem sendo os mais afetados mediante atrasos na marcação da perícia.

Atualização da perícia médica é obrigatória

Para evitar a suspensão do pagamento o INSS exige que o titular marque uma avaliação médica com seus peritos. O procedimento é gratuito e pode ser agendado através do Meu INSS seguindo os passos abaixo:

  • Acessar a página do Meu INSS (pelo site ou aplicativo);
  • Fazer o login e vá até a opção “Agende sua Perícia” no menu do lado esquerdo;
  • Clicar em “Agendar Novo”;
  • Acompanhar o pedido em “Resultado de Requerimento/Benefício por Incapacidade”;
  • Comparecer na data marcada para a perícia médica.

Documentação exigida

Além da realização da perícia, o INSS solicita também que o segurado apresente os seguintes documentos para comprovar seu registro:

  • Documentos de identificação pessoal
  • Comprovante de renda e residência
  • Meios de contato
  • Atestados e laudos médicos;
  • Atestado de Saúde Ocupacional;
  • Exames de imagem;
  • Prontuários médicos;
  • Comprovantes de internação hospitalar;
  • Ficha de evolução clínica;
  • Receitas médicas com prescrição de uso de medicamentos;
  • Bula dos medicamentos que contenham advertência de possíveis efeitos colaterais.

Demais regras de concessão

Com a documentação e perícia médica confirmada, por fim, o cidadão deve se ater as regras de concessão do abono no qual está vinculado. Uma vez em que há mais de um benefício por incapacidade, ele precisa observar quais são as exigências do qual vem sendo contemplado e garantir cumprir todos os requisitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.