Mercado Livre anuncia novo método e forma de fazer vendas online

Na última sexta-feira (5), o Mercado Livre anunciou a entrada no segmento de live commerce, um modelo de vendas de produtos em transmissões ao vivo. O Mercado Livre Live funcionará de forma similar aos conhecidos Polishop e Shoptime, mas para a internet.

A plataforma de vendas terá a participação da equipe de criadores de conteúdo do Mercado Livre. Além disso, ela contará com o apoio de colaboradores e vendedores da empresa.

Inicialmente, a companhia selecionou 100 marcas, colaboradores e vendedores para iniciar o projeto — para integrarem a produção de conteúdo. Em um segundo momento, o Mercado Livre espera que a plataforma passe a ter mais vendedores.

Já em um terceiro momento, a companhia projeta que qualquer usuário poderá vender os próprios produtos em transmissões ao vivo. As lives serão feitas diariamente, e terão integração com o marketplace do Mercado Livre. As gravações acontecerão no Brasil, de modo presencial e remoto.

Em Osasco, na grande São Paulo, foram desenvolvidos cinco estúdios de filmagens no escritório da companhia. Cada estúdio representará os tipos de conteúdos presentes na primeira etapa: Tecnologia, Beleza e Cuidado Pessoal, Ofertas, Moda e Casa & Móveis.

Além disso, as gravações serão feitas nas casas dos influenciadores escolhidos. Estas pessoas receberão um guia — para realizar as transmissões. Os parceiros do empresa também terão acesso a um suporte técnico e um kit com elementos de cenografia e iluminação.

Mercado Livre planeja democratizar o social commerce

Segundo a gerente regional de Live Commerce do Mercado Livre, Tainá Saramago, com as lives, a empresa deseja democratizar o social commerce.

Desse modo, a companhia espera fortalecer a própria plataforma — de modo que os vendedores, mercas e criadores de conteúdo realizem as transmissões ao vivo e vendam os produtos. Nessas lives, ela destaca que será possível fazer reviews mais detalhadas, apresentando o funcionamento ou uso dos itens.

Conforme Saramago, a plataforma representa o futuro do e-commerce. Ela afirma que o Mercado Livre começará a estratégia no Brasil, pois é um mercado mais maduro em que as lives commerces possuem maior penetração. Após isso, a gerente regional revela que haverá a expansão para toda a América Latina.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.