Quais dados atualizar no CadÚnico para garantir entrada no Auxílio Brasil

O novo programa do governo federal, o Auxílio Brasil, deve entrar em vigor ainda em novembro para substituir o Bolsa Família. Para garantir entrada no benefício além de cumprir os requisitos necessários, é importante atualizar os dados no CadÚnico.

Quais dados atualizar no CadÚnico para garantir entrada no Auxílio Brasil
Quais dados atualizar no CadÚnico para garantir entrada no Auxílio Brasil (Imagem: FDR)

O CadÚnico 2021 é a porta de entrada para que famílias de baixa renda garantam o recebimento do novo auxílio, além de ser também a plataforma que assegura entrada em diversos outros programas sociais do governo.

Auxílio Brasil

O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pôs fim no programa social Bolsa Família, criado durante o governo Lula, para substituir, o atual governo deve implementar o programa de autoria própria, o Auxílio Brasil.

O novo auxílio deve oferecer assistência social para pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica, famílias que estão em situação de pobreza com gestantes, mães que amamentam, crianças ou adolescentes entre 0 e 21 anos, além de quem já recebe o Bolsa Família.

CadÚnico

Para se inscrever no CadÚnico as famílias também precisam cumprir alguns requisitos como a renda per capita ser de até R $522,50, ou seja meio salário mínimo. É preciso também que a renda total familiar não ultrapasse três salários, totalizando no máximo R$ 3.135,00. 

Cidadãos que querem se beneficiar do Auxílio Brasil precisam checar se possuem o CadÚnico 2021 através da plataforma Meu CadÚnico. Caso já possua o cadastro é importante atualizar os dados para garantir a entrada no novo auxílio.

Atualização do CadÚnico

Para garantir entrada no Auxílio Brasil os dados do CadÚnico devem ser atualizados. As famílias cadastradas na plataforma são orientadas a atualizar seus dados a cada dois anos para que possam participar dos programas sociais.

Através do aplicativo é possível conferir os dados desatualizados, podendo ser tanto o endereço, telefone quanto mudança na renda mensal familiar ou estado civil do titular, é importante que todas as informações sejam atuais. Nascimento, adoção ou falecimento de membro da família também devem ser informados no CadÚnico. 

A atualização é feita pelas prefeituras municipais, sendo assim, é necessário que o interessado se dirija ao Centro de Referência de Assistência Social, o CRAS, mais próximo, ou a um posto de atendimento do Cadastro Único portando CPF, RG, título de eleitor de cada membro da família, além rda certidão de nascimento se houver criança.

Para indígena é necessário apresentar o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI). Em caso de atualização de renda, o titular deve ter em mãos a carteira de trabalho dos membros da família que possuem vínculo empregatício, além do comprovante de endereço.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!