USP inicia inscrições em curso de programação exclusivo para mulheres

Universidade vai abrir inscrições para mais uma edição do Meninas Programadoras com aulas iniciando já na próxima semana. A oportunidade é em curso de programação exclusivos para mulheres.

USP inicia inscrições em curso de programação exclusivo para mulheres
USP inicia inscrições em curso de programação exclusivo para mulheres (Imagem: FDR)

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) a procura de profissionais da área de TI deve aumentar para 420 mil pessoas até 2024; e, infelizmente, essa é uma área predominantemente masculina.

O Meninas Programadoras: Introdução à Programação para o Ensino Médio tem o objetivo de mudar esse cenário e aumentar a ocupação de mulheres nessa área. Essa é a terceira turma do curso e já está com inscrições abertas.

Curso de programação exclusivos para mulheres

O curso é ofertado pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), em São Carlos, mas as aulas serão virtuais, transmitidas exclusivamente por meio da plataforma Google Meet, o que permite que mulheres de todo o país participem.

O início das aulas está previsto para o dia 27 de novembro e vão até 18 de dezembro.

O único requisito para participar é ter um computador com acesso à internet. As participantes que cumprirem pelo menos 75% das atividades terão direito a um certificado emitido pela Universidade de São Paulo.

Inscrições no Curso de programação exclusivos para mulheres

As inscrições podem ser feitas no Sistema Apolo até as 23h59 do dia 20 de novembro. Lembrando que as vagas são limitadas.

Mulheres na área de tecnologia

Com o avanço da tecnologia em todo o mundo, principalmente durante a pandemia, diversas oportunidades de emprego foram criadas na área, o que acabou também atraindo mais mulheres.

A área de tecnologia é daquelas que requer profissionais qualificados e atualizados.

Para se ter ideia do aumento de mulheres nessa área, o Banco Nacional de Empregos (BNE) registrou 12.716 candidaturas femininas de janeiro a maio desse ano (2021) contra 10.375 no mesmo período do ano passado.

“Vemos mais mulheres se interessando pela área na medida em que se ampliam as contratações de profissionais de TI. De 2019 para 2020, houve 36% de crescimento e esperamos um número ainda maior neste ano”, comentou Marcelo de Abreu, CEO do BNE.

 Fique bem informado com a editoria de carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.