Rio publica novo calendário de vacinação da COVID-19 para dose de reforço

Na última sexta-feira (15), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, divulgou um novo calendário de vacinação da dose de reforço contra a COVID-19. A vacina será aplicada nos idosos a partir de 60 anos até 17 de novembro.

O Rio de Janeiro agora tem um novo calendário de aplicação da dose de reforço. Com isso, até o fim de outubro, serão convocados os cariocas com 65 anos ou mais. Após isso, receberá a 3ª dose os idosos a partir de 60 anos.

A estimativa do governo municipal e que esse grupo receba o imunizante até 17 de novembro. O cronograma completo pode ser consultado no site coronavirus.rio/vacina. Assim como ocorre nos outros grupos, esse calendário também ocorrerá de forma escalonada, por gênero.

Para receber a vacina de reforço é necessário ter, no mínimo, tomado a segunda dose há três meses. Durante a divulgação do novo calendário de vacinação, o prefeito fez um apelo à população para que todos os cariocas acima de 68 anos compareçam aos postos para receber a 3ª dose.

O calendário de vacinação da dose de reforço para os trabalhadores da saúde está mantido até fevereiro de 2022. Sendo assim, até está segunda-feira (18) está previsto vacinar os profissionais que tomaram a segunda dose em fevereiro.

A partir de amanhã (19) até o dia 23 de outubro serão imunizados aqueles que completaram a sequência vacinal em março. De 25 a 30 de outubro quem tomou a segunda dose em abril. Continuando, em novembro serão vacinados com a dose de reforço quem finalizou o esquema vacinal em maio.

Dezembro será destinado aos profissionais da saúde que tomaram a segunda dose em junho. Em janeiro começa a convocação dos trabalhadores que tomaram a D2 em julho. Por fim, em fevereiro de 2022 o grupo que se imunizaram em agosto deste ano.

De acordo com o boletim municipal, até a última quinta-feira (14), 5.659.162 cariocas haviam tomado a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Com o esquema vacinal completo, seja com as duas doses ou dose única, haviam 4.048.689 pessoas.

Esse quantitativo representa uma cobertura de 60% da população total e de 76% da população adulta (a partir de 18 anos). A vacinação de idosos com a dose de reforço já havia alcançado 462.734 aplicações.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.