Comprovante de vacina da COVID-19 será obrigatório para entrada nos estádios de BH

Uma publicação na edição do Diário Oficial do Município (DOM) de Belo Horizonte (BH) da última sexta-feira, 15, informou novas diretrizes para a realização de jogos de futebol. A partir de agora, para a entrada nos estádios da capital mineira será preciso apresentar o comprovante de vacina

O documento é apenas uma das duas alterações promovidas pelo Decreto nº 17.361, de 22 de maio de 2020. A primeira se refere ao aumento da capacidade do público nos estádios de 30% para 40%. Enquanto a segunda consiste na possibilidade de apresentar o comprovante de vacina no lugar do resultado no teste para Covid-19.

No entanto, é preciso que o comprovante de vacina contenha o registro das duas doses do imunizante ou dose única da Janssen. Os cidadãos mineiros com o esquema vacinal incompleto serão obrigados a apresentar o resultado do teste para Covid-19, seja o Teste Rápido de Antígeno ou o RT-PCR.

Além do mais, ambos os formatos devem ter sido realizados com até 72 horas de antecedência ao evento esportivo. 

A partir de agora, os camarotes também podem abrigar 40% da capacidade máxima. Desta forma, o público máximo do Mineiro passa a ser de 24 mil pessoas, e no Independência, de 9 mil.

Os protocolos sanitários oficiais de prevenção à Covid-19, devem ser mantidos o distanciamento social e uso de álcool em gel. 

Porém, as alterações não vetam o uso de máscaras de proteção facial em todos os setores do estádio de futebol, seja para permanência em um mesmo lugar ou transição entre os ambientes. 

As alterações foram feitas após reunião entre a Prefeitura de Belo Horizonte e os torcedores do Atlético-MG, América-MG e Cruzeiro. O jogo realizado no último sábado (16) entre o América e o Bahia já requereu a apresentação do comprovante de vacina.

No jogo entre Galo e Fortaleza no Mineirão marcado para a próxima quarta-feira, 20, também deverá fiscalizar o cumprimento das mesmas medidas decretadas. 

Como ter acesso ao comprovante da vacina?

O comprovante de vacina ou passaporte da vacina como também é chamado consiste no documento que reúne todos os dados no âmbito da saúde dos brasileiros.

Ele já tem sido adotado em diversos estados e cidades brasileiras, com o propósito de estimular a vacinação através da barragem de cidadãos não imunizados em espaços de uso público. Normalmente são solicitados em: 

  • Academias de ginástica, piscinas, centros de treinamento e de condicionamento físico e clubes sociais
  • Vilas olímpicas, estádios e ginásios esportivos
  • Cinemas, teatros, salas de concerto, salões de jogos, circos, recreação infantil e pistas de patinação
  • Atividades de entretenimento, exceto quando expressamente vedadas
  • Locais de visitação turísticas, museus, galerias e exposições de arte, aquário, parques de diversões, parques temáticos, parques aquáticos, apresentações e drive-in
  • Conferências, convenções e feiras comerciais.

Para adquirir o comprovante de vacina pelo Conecte SUS basta:

  • Acessar o site ou baixar o aplicativo disponível para Android e iOS;
  • Forneça os dados pessoas para a criação de uma conta;
  • Inicie o acesso oficial informando o CPF e senha cadastrados; 
  • No menu inicial selecione o assunto desejado: vacinas, exames, medicamentos, validação do QR Code, etc;

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.