Bolsonaro quer privatizar a Petrobras; por que ação seria interessante para o governo?

Nesta quinta-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro afirmou ter vontade de privatizar a Petrobras. Ele não entrou em detalhes sobre o que pretende fazer, mas revelou que discutirá o tema com a equipe econômica. A declaração foi feita em entrevista à Rádio Novas de Paz, de Pernambuco.

O presidente Jair Bolsonaro argumentou que não possui culpa pelo aumento do valor dos combustíveis, assim como tem defendido nos últimos meses. Ao ser cobrado pela disparada nos preços, ele demonstra incômodo.

Bolsonaro declarou que não deve interferir na política de preços da Petrobras. O presidente afirmou que o governo tem feito a sua parte. Além disso, ele criticou a gestão o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Essa declaração ocorre após o ministro da Economia, Paulo Guedes, defender que o governo possa vender ações da Petrobras em momento de valorização dos papéis — para distribuir parte dos lucros às pessoas mais vulneráveis.

No acumulado anual, a gasolina registra elevação de 57,3%, de acordo com o Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Com relação ao gás de cozinha, a subida chega a aproximadamente 90% desde março.

Por que ação de privatizar a Petrobras seria interessante para o governo?

Conforme análise da colunista Ana Flor, do G1, a declaração de Bolsonaro visa uma reaproximação com setores do mercado financeiro — que se distanciaram do governo e buscam outra opção para apoiar no ano que vem.

À CNN, fontes da equipe econômicas afirmaram que o governo estuda desenvolver um Fundo de Redução da Pobreza com recursos vindos da venda de ações da estatal.

Apesar da possibilidade de desestatização, existe um impeditivo na Constituição. A lei proíbe a privatização de empresas públicas e sociedades de economia que realizem atividade exclusiva da União. Para que houvesse mudança, seria preciso uma proposta de emenda à Constituição.

De qualquer modo, a pauta tem sido considerada pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Em entrevista à CNN, nesta quarta-feira (13) ele também defendeu a ideia da privatização.

O governo e o Congresso possuem o entendimento de que a falta de controle no valor dos combustíveis prejudica a popularidade da classe política. Esse cenário se torna ainda mais sensível por conta da proximidade do ano eleitoral.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.