Lojas Americanas ganha preferência nas compras para Black Friday 2021, diz pesquisa

Neste ano, a Black Friday, aguardada data em que as empresas oferecem grandes descontos, acontece em 26 de novembro. Mesmo faltando pouco mais de um mês, os consumidores já elegeram a Americanas como e-commerce favorito para a ocasião, segundo uma pesquisa da Conversion, agência de Search Engine Optimization (SEO).

Os brasileiros entrevistados colocaram a Americanas como loja favorita para a Black Friday com 17,67% da preferência. Na sequência aparece o Magazine Luiza com 14,9% e a norte-americana Amazon, com 11,98% da preferência.

O ranking segue com as Casas Bahia, que obteve a preferência de 9,83%, o Mercado Livre com 9,68% e a gigante de Cingapura Shopee com 6,76%. Estes dados mostram que a disputa entre os maiores marketplaces do país será acirrada. 

A pesquisa ouviu 400 brasileiros com acesso à internet e mostrou um crescimento na intenção de compra na Black Friday 2021 entre os consumidores. 

No ano passado, 76,50% dos brasileiros fizeram compras na data, enquanto que para 2021, a projeção é de que esse número suba para 87,75%, de acordo com a Conversion.

No último ano, em pleno auge da pandemia do coronavírus, as vendas pela internet foram o grande destaque da Black Friday, considerada a mais digital da história.

De acordo com um levantamento da Neotrust/Compre&Confie, em 2020, o faturamento do comércio eletrônico foi de R$3,1 bilhões, um aumento de 24,8% em comparação com 2019.

Compras online

Através de uma pesquisa feita pela McKinsey, foi revelado que a pandemia causou, em 90 dias, uma mudança no comportamento do consumidor que estavam previstas para acontecer apenas em 10 anos.

Marcelo Osani, líder de e-commerce da Ebit|Nielsen, disse que o comércio pela internet está passando por uma fase de consolidação e que o consumidor está comprando de forma mais constante produtos de diversas categorias.

Compras pela internet estão dominando o comércio tanto para pessoas mais jovens como para pessoas mais velhas de acordo com o Canaltech.

Como a quarentena obrigou as pessoas a comprar de forma online, a visão a respeito de segurança, transparência e valor deste tipo de mercado, mudou.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA