Site do governo fica travado e impede devolução do auxílio emergencial de 627 mil pessoas

Na manhã desta quarta-feira (6), o site do governo, de devolução do auxílio emergencial, esteve fora do ar. Com isso, ficou impossibilitada a devolução do auxílio emergencial de milhares de brasileiros. O site informa que a previsão de retorno será nesta sexta-feira (8), às 18h.

Site do governo fica travado e impede devolução do auxílio emergencial de 627 mil pessoas
Site do governo fica travado e impede devolução do auxílio emergencial de 627 mil pessoas (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Ao acessar o site do governo, o Ministério da Cidadania informa que o sistema está em manutenção. Por conta disso, a população não consegue emitir o boleto para a devolução da quantia.

“Pedimos desculpas pelo inconveniente, mas o sistema está em manutenção. Previsão de retorno amanhã, dia 08/10/2021 às 18:00. Obrigado”, informa o site.

Até a publicação desta matéria, o sistema permaneceu fora do ar. Pelos canais oficiais, o governo federal ainda não entrou em detalhes sobre o problema identificado nessa data.

A devolução do auxílio emergencial

Nesta segunda (4) e terça-feira (5), o governo federal, por meio do Ministério da Cidadania, enviou mensagens de celular (SMS) para orientar sobre a devolução voluntária de recursos, denúncia de fraudes ou o pagamento de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) do auxílio emergencial.

Aproximadamente 627 mil pessoas foram notificadas. Estes cidadãos devem restituir os recursos.

As mensagens foram enviadas aos trabalhadores que — ao declarar o Imposto de Renda — geraram DARF para restituição de parcelas do auxílio emergencial, mas ainda não realizaram o pagamento.

O envio também foi feito aos que receberam valores de forma indevida por não se enquadrarem nos critérios de elegibilidade do programa.

Mensagens de SMS

As mensagens enviadas possuem o registro do CPF do beneficiário. Também há a indicação do link iniciado com gov.br. Elas foram enviadas pelos números 28041 ou 28042. Segundo o governo, qualquer SMS enviado de números diferentes desses, com esse objetivo, deve ser desconsiderado.

Como realizar a devolução do auxílio emergencial

Todos os cidadãos que receberam o SMS relativos às DARFs em aberto precisam realizar o pagamento, ou acessar este endereço eletrônico para denunciar a fraude — se for o caso —, ou informar a divergência de valores.

A pessoa que não possui DARF em aberto, mas possui quantias a devolver, deve acessar o site do Ministério da Economia e inserir o CPF do beneficiário (assim que o sistema se restabelecer). Após preencher as informações, será emitida uma GRU.

O cidadão poderá efetuar o pagamento nos diversos canais de atendimento do Banco do Brasil ou em outros bancos — se for selecionada essa opção ao solicitar a emissão da GRU no sistema.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA