Pente fino do INSS faz revisões mais severas cortando 60% dos benefícios

Operação pente fino corta milhares de segurados da previdência social. Nas últimas semanas, o INSS vem reforçando a fiscalização na concessão de seus abonos. Um relatório recém publicado pelo órgão informou que de 10 pessoas revisados, pelo menos 6 são cortados.

Pente fino do INSS faz revisões mais críticas cortando 60% dos benefícios (Imagem: Ingrácio Advocacia)
Pente fino do INSS faz revisões mais críticas cortando 60% dos benefícios (Imagem: Ingrácio Advocacia)

A operação pente fino do INSS nada mais é do que uma força tarefa onde os servidores do órgão fiscalizam o cadastro de todos os segurados.

Atualmente, os grupos em análise são aqueles que recebem os chamados benefícios por incapacidade, como a pensão por invalidez, BPC ou auxílio doença.

O que pode fazer meu abono ser cancelado?

De modo geral, o INSS vem fiscalizando analiticamente a documentação de todos os segurados. Isso implica dizer que o cidadão precisa, obrigatoriamente, ter seus registros em dia de acordo com as exigências legais.

Para quem tem acesso aos abonos por incapacidade é indispensável exibir os laudos da perícia médica e também demais comprovantes de saúde que atestem o motivo pelo qual o sujeito não pode trabalhar.

Lista de documentos exigidos nos benefícios por incapacidade

  • Documento de identificação oficial com foto, que permita o reconhecimento do requerente;
  • Número do CPF;
  • Carteira de trabalho, carnês de contribuição e outros documentos que comprovem pagamento ao INSS;
  • Documentos médicos decorrentes de seu tratamento, como atestados, exames, relatórios, etc., para serem analisados no dia da perícia médica do INSS (não é obrigatório);
  • Para o empregado: declaração assinada pelo empregador, informando a data do último dia trabalhado;
  • Comunicação de acidente de trabalho (CAT), se for o caso;
  • Para o segurado especial (trabalhador rural, lavrador, pescador): documentos que comprovem esta situação, como contratos de arrendamento, entre outros.

Cai no pente fino do INSS, o que fazer?

Quem foi convocado para a revisão tem até 60 dias para atualizar todos os dados. O procedimento deve ser feito diretamente com o órgão, através do Meu INSS. A grande maioria dos segurados devem ainda agendar uma avaliação de saúde, seguindo as etapas abaixo:

  • Acesse a Página do Meu INSS (internet ou App);
  • Após o Login vá até a opção “Agende sua Perícia” no menu esquerdo;
  • Clique em “Agendar Novo”;
  • Acompanhe o pedido em “Resultado de requerimento/Benefício por incapacidade”;
  • Compareça na data marcada.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA