Empréstimo do CAIXA Tem não será liberado para vulneráveis do Bolsa Família

Pontos-chave
  • Na última segunda-feira (27), a Caixa Econômica Federal lançou o programa de microcréditos por meio do CAIXA Tem;
  • O empréstimo do CAIXA Tem irá oferecer pequenos valores para até 100 milhões de pessoas;
  • O empréstimo do CAIXA Tem terão valores de R$ 300 e R$ 1.000, com taxa de juros de 3,99% ao mês e pagamento em até 24 vezes;

Na última segunda-feira (27), a Caixa Econômica Federal lançou o programa de microcréditos por meio do CAIXA Tem. O empréstimo do CAIXA Tem irá oferecer pequenos valores para até 100 milhões de pessoas.

Empréstimo do CAIXA Tem não será liberado para vulneráveis do Bolsa Família
Empréstimo do CAIXA Tem não será liberado para vulneráveis do Bolsa Família (Imagem: Reprodução/Luis Cardoso)

O empréstimo do CAIXA Tem terão valores de R$ 300 e R$ 1.000, com taxa de juros de 3,99% ao mês e pagamento em até 24 vezes. A solicitação do crédito poderá ser feita diretamente pelo celular, no aplicativo.

O empréstimo do CAIXA Tem será ofertado em dois tipos: Pessoal e o Produtivo. O primeiro será para uso de despesas pessoas e o outro para investir em negócios e/ou empreendimentos.

Em ambos os casos, a taxa de juros será de 3,99% ao mês, e pagamento em até 24 vezes. A quantia liberada dependerá do histórico financeiro pessoal e/ou do negócio e dos dados no cadastro do usuário.

Além disso, o nome não pode estar negativado no Serasa e SPC. Sendo assim, os solicitantes do empréstimo do CAIXA Tem passarão por análise. Após a avaliação do crédito, o valor será liberado.

A Caixa informou que caso o empréstimo não seja aprovado no momento pode significar que não foi atingido os critérios de avaliação de crédito. Dessa maneira, a recomendação é  verificar o CPF para identificar se há  alguma restrição cadastral.

Atualização do CAIXA Tem

Antes de solicitar o empréstimo, os usuários do CAIXA Tem precisam atualizar seu cadastro no aplicativo. A atualização será liberada gradativamente, conforme o mês de aniversário do usuário, seguindo o calendário abaixo:

  • Janeiro e fevereiro: 27/9;
  • Março e abril: 18/10;
  • Maio e junho: 8/11;
  • Julho e agosto: 29/11;
  • Setembro e outubro: 13/12;
  • Novembro e dezembro: 27/12.

Quem não possui a conta Poupança Social Digital poderá abrir uma e solicitar o microcrédito. Esses novos clientes também precisaram realizar a atualização dos dados, porém, com base no seguinte calendário, de acordo com o mês de nascimento:

  • Janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho: 8/11;
  • Julho e agosto: 29/11;
  • Setembro e outubro: 13/12;
  • Novembro e dezembro: 27/12.

Quem pode contratar o empréstimo do CAIXA Tem?

  • Autônomo (sem carteira de trabalho assinada);
  • Beneficiários de programas sociais;
  • Destinatários de políticas públicas de distribuição de renda;
  • Assalariados.

Inscritos no Bolsa Família são colocados para fora

O beneficiários do Bolsa Família não poderão contratar o empréstimo do CAIXA Tem, já que não possuem recursos para bancar a despesa. O mesmo se aplica aos atuais beneficiários do Auxílio emergencial.

Segundo a Caixa Econômica Federal, a atualização cadastral no Caixa Tem, que é uma exigência para solicitar o empréstimo, cancela o benefício Bolsa Família. Isso acontece, segundo o presidente da instituição, Pedro Guimarães, “Porque elas não têm condições de pagar”.

CAIXA Tem

O CAIXA Tem foi criado no primeiro semestre de 2020, com o intuito de pagar o auxílio emergencial. Porém, com o passar o tempo o app foi sendo aprimorado e ampliado para outros benefícios.

Empréstimo do CAIXA Tem não será liberado para vulneráveis do Bolsa Família
Empréstimo do CAIXA Tem não será liberado para vulneráveis do Bolsa Família (Imagem: Clic Camaquã)

Sendo assim, o aplicativo da Caixa foi usado para pagar o BEm (Benefício Emergencial, pago a quem teve o salário reduzido) e o abono salarial do PIS/Pasep. Em novembro do ano passado também começou a ser usado para o depósito do Bolsa Família.

Nesse último caso, a inclusão dos beneficiários do Bolsa Família aconteceu de forma gradual, conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). Os contemplados pelo Auxílio eergencial recebem até hoje o dinheiro na poupança digital.

Com o app é possível fazer compras e pagamentos on-line ou presenciais. Na última situação, o pagamento será por meio do QR CODE gerado na maquininha do estabelecimento. Além disso, é possível fazer transferências bancárias para qualquer instituição financeira, sem nenhum custo.

A cesta gratuita do Caixa TEM possui algumas limitações de movimentações mensais. É permitidas transferências de R$ 600, diária de R$ 1.200 e mensal de R$ 5.000, sendo até três transferências por mês. Além disso, são permitidos dois saques e dois extratos na cesta.

Os clientes do CAIXA Tem também podem usar o PIX para transferências e pagamentos. A ferramenta desenvolvida pelo Banco Central permite pagamentos instantâneos todos os dias e horas do ano, 24 horas por dia, inclusive nos fins de semana e feriados.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA