Crédito consignado da Paketá deve aumentar após aporte bilionário

A fintech especializada em crédito consignado para empregados de empresas privadas, a Paketá, conseguiu levantar R$27 bilhões através de uma rodada de investimentos do tipo série A. Liderada pelo fundo de capital de risco Kinea Ventures, associada ao grupo Itaú Unibanco.

Crédito consignado da Paketá deve aumentar após aporte bilionário
Crédito consignado da Paketá deve aumentar após aporte bilionário (Imagem Divulgação Paketá)

Também fez parte da rodada, a gestora Shift Capital, que já tinha liderado a rodada seed da startup em dezembro de 2020, quando investiu R$ 9 milhões.

A Paketá, empresa criada em 2018 por Fabian Valverde e Rafael Queiroz, tem a finalidade de facilitar o trabalho do setor de recursos humanos através de sua ferramenta de gestão do crédito consignado.

Este tipo de empréstimo é aquele em que as parcelas são descontada do salário do funcionário. A empresa garante que oferece as taxas mais amenas do mercado e as melhores condições de pagamento.

Existem dois modelos oferecidos pela fintech: o de ponta a ponta, da alocação de capital ao atendimento aos funcionários e o consignado ou software como serviço, modalidade em que a Paketá só oferece a plataforma e infraestrutura. 

Neste último caso, a startup também presta serviços para bancos no modelo white label, ou seja, dá a chance da empresa cliente de colocar o nome de sua marca na plataforma.

Este valor levantado através da rodada de investimentos, será utilizado para escalar a operação, isto é, aumentar o número de clientes e investir em novos produtos e tecnologia. 

“No ano passado, crescemos 627% e, este ano, fechamos o primeiro semestre com crescimento de 270%. Temos a intenção de acelerar estas três frentes e agregar outros produtos e serviços também no modelo B2B2C (de empresa para empresa, e depois para consumidor)”, disse Fabian Valverde, CEO da Paketá.

Por fim, a Paketá disse também que está negociando com mais bancos para que eles atuem no mercado de crédito consignado com “robustez e uso intensivo de dados”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA