Sem prova da vida do INSS, Rio tem 402 mil cidadãos com risco de perder o salário

No Rio de Janeiro, segurados do INSS podem ter seus benefícios suspensos. Na última semana, o presidente Jair Bolsonaro vetou um projeto de lei que suspende a obrigatoriedade da prova de vida. Com isso, cerca de 402 mil beneficiários terão que correr para regularizar seus cadastros.

Sem prova da vida do INSS, Rio tem 402 mil cidadãos com risco de perder o salário (Imagem: Reprodução / Pixabay)
Sem prova da vida do INSS, Rio tem 402 mil cidadãos com risco de perder o salário (Imagem: Reprodução / Pixabay)

A prova de vida do INSS voltou a ser obrigatória. Após um período de suspensão devido a pandemia do novo coronavírus, os segurados passaram a retornar as agencias bancárias para fazerem a renovação de seus cadastros.

No Rio de Janeiro, até o momento houve uma baixa adesão ao procedimento, fazendo com que os salários ficassem ameaçados.

Como funciona a obrigatoriedade da prova de vida?

Pelas leis do INSS, o cidadão precisa renovar seus dados cadastrais ao menos uma vez por ano. O procedimento é feito sempre no mês de seu aniversário, de modo que ateste que o segurado está vivo e apto para permanecer recebendo o salário.

De acordo com os números do próprio INSS, há cerca de 3 milhões de cariocas que devem fazer a prova de vida. Desse total, 2,16 milhões já a fizeram em 2021; 447,8 mil estão com a atualização cadastral ainda válida e 402,2 mil estão com o procedimento pendente, segundo dados de 14 de setembro.

Para poder saber a data limite da renovação basta seguir o cronograma abaixo.

Calendário da prova de vida 2021/2022

Vencimento da prova de vida Novo prazo
Março e Abril de 2020 Junho de 2021
Maio e Junho de 2020 Julho de 2021
Julho e Agosto de 2020 Agosto de 2021
Setembro e Outubro de 2020 Setembro de 2021
Novembro e Dezembro de 2020 Outubro de 2021
Janeiro e Fevereiro de 2021 Novembro de 2021
Março e Abril de 2021 Dezembro de 2021

Como fazer a prova de vida?

O procedimento é feito presencialmente em uma agência bancária de qualquer instituição. Para isso, basta ir presencialmente e exibir um documento oficial com foto. O servidor irá conferir os informes no cadastro e repassar para o INSS a validação do titular.

Por fim, há ainda a possibilidade de fazê-lo online. Nesse caso é preciso se conectar ao Meu INSS e recorrer ao sistema de reconhecimento facial disponível dentro do próprio app.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA